sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Vereador do Maranhão e outras quatro pessoas foram presas por fraude no INSS em Castanhal, no PA

Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (5) um vereador e outras quatro pessoas por fraude ao INSS de Castanhal, no nordeste do Pará. A quadrilha agia transferindo benefícios previdenciários de outros estados para a agência de Castanhal.

As prisões foram realizadas após a polícia ser avisada por servidores do Inss de que duas mulheres suspeitas tentavam transferir benefícios previdenciários do Maranhão para Castanhal. Os agentes prenderam as mulheres e as interrogaram.

Segundo o delegado Rayrton Carneiro, durante o interrogatório as presas entraram em contradição por diversas vezes, até que elas admitiram a fraude e apontaram um vereador de Itinga, no Maranhão, sendo o mentor do esquema.

"Segundo as mulheres, o vereador estava na cidade de Castanhal acompanhado de outros idosos que também estariam fraudando a previdência", detalha o delegado.

De acordo com a polícia, o veículo que o vereador estava foi localizado e durante abordagem, dois idosos estavam com o político. Com eles estavam diversos documentos como certidões de nascimento, carteiras de identidade, CPF, cartões bancários, extratos previdenciários e requisição de benefícios. Cada idoso possuía de duas a quatro carteiras de identidades com nomes diferentes.

Em depoimento à polícia, os idosos admitiram o envolvimento no golpe ao Inss e apontaram o vereador como o líder da associação criminosa. O vereador não se pronunciou durante o interrogatório.

Todos foram autuados em flagrante delito pelos crimes de associação criminosa, falsificação de documento público, uso de documento falso e estelionato.

Fonte: https://g1.globo.com