quinta-feira, 28 de setembro de 2017

"NO EMBALO DO PINDUCA"


Pinduca é indicado ao 
Grammy Latino de música
Foi uma surpresa! Estou contente demais e, agora, vivendo esse suspense pelo resultado final”, diz o “Rei do Carimbó”, que pela primeira vez foi indicado ao Grammy Latino, prêmio internacional de música concedido pela Academia Latina de Gravações. A lista dos artistas selecionados para concorrer à premiação foi divulgada na terça-feira (26). Em entrevista exclusiva Pinduca contou que esta é a primeira vez que ele concorre a um prêmio internacional. Com mais de 40 anos de carreira, o músico diz que é uma alegria ser reconhecido por ter modernizado o ritmo mais marcante do Pará.

“Fiz o carimbó moderno, pop, porque estávamos em plena revolução da modernização, quando surgiu a guitarra, a bateria, o microfonado... No começo, muita gente criticou, não foi assim bem aceito. Mas hoje caiu no gosto. Até em Marapanim, que é berço do carimbó raiz, já tem conjunto de carimbó moderno”, orgulha-se o artista, aos 80 anos de idade.

O disco que levou Pinduca ao Grammy Latino é o 36º de sua carreira. “No Embalo do Pinduca”, lançado em 2016 com apoio do Natura Musical, traz 13 faixas entre carimbós, lambadas, cumbias, siriás e comacheras, que celebram sucessos da carreira de Pinduca.

Pinduca foi indicado na categoria “Melhor Álbum de Música de Raízes Brasileiras” e concorre com “Batom bacaba”, de Patrícia Bastos; “Canta o Trio Nordestino”, de Trio Nordestino; “Ascensão”, de Vários artistas e “Ao Vivo: Melodias Do Sertão”, de Bruna Viola. A premiação final que anunciara os vencedores ocorrerá no dia 16 de novembro.

FONTE