terça-feira, 10 de janeiro de 2017

O DIA A DIA DO ESCRIVÃO DE POLÍCIA EM LIVRO

 Escrivão Antonio Carlos Ribeiro Soares
"Um estudo realizado pelo Escrivão Antonio Ribeiro mostra a realidade do trabalho do Escrivão de Polícia Civil do Maranhão através do livro intitulado “O Dia a Dia do Escrivão de Polícia, nas entrelinhas”. A produção é independente e mostra através de uma extensa pesquisa de campo, as responsabilidades e dificuldades enfrentadas por esses profissionais em seu trabalho diário. O lançamento da obra aconteceu na manhã do último sábado, dia 07, no auditório da Secretaria de Segurança Pública.

(...)

REALIDADE PRECÁRIA 

Com toda a pesquisa em mãos, Ribeiro chegou à seguinte conclusão: a precariedade dos serviços de segurança pública faz parte da história da administração pública do Maranhão e essa precariedade recai sobre o profissional. Ele observou, no estudo, que as demandas de serviço cresceram bastante através do tempo e que o número de profissionais de segurança pública não cresceu no mesmo ritmo. “Na verdade nossa categoria, em geral, encolheu. Hoje trabalhamos em uma situação difícil, com demanda grande de serviço e poucos recursos humanos. Fora isso, há uma grande desvalorização do profissional, o que causa uma desmotivação geral. Uma instituição, para crescer, tem que alavancar todas as categorias, sem distinção. Se todos os profissionais que compõem a Polícia Civil não forem por igual valorizados, nossa instituição não será desenvolvida a contento”, diz Ribeiro.

O autor revela que “O Dia a Dia do Escrivão de Polícia, nas entrelinhas” é apenas um resumo de um trabalho maior que condensa a história da Polícia Civil do Maranhão como um todo, envolvendo todas as categorias.

Como a produção do livro é independente, Ribeiro fez um número reduzido de exemplares. Cinco deles foram sorteados no dia do lançamento e, futuramente, será disponibilizado em formato de e-book no site do Sinpol. Quem tiver interesse em conhecer a pesquisa, basta entrar em contato com a Gráfica Certa, localizada na Av. Vitorino Freire, n° 100, Areinha (em frente à Kauê Veículos) e solicitar um exemplar. O custo é de R$ 60,00.

Fonte: SINPOL MA