quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Governo de RR autoriza concurso de 300 vagas para agente penitenciário

A governadora de Roraima Suely Campos (PP) assinou na noite desta terça-feira (10) autorização para abertura de concurso público com 300 vagas para agentes penitenciários. A medida foi tomada quatro dias após mais de 30 presos serem assassinados dentro da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, a maior unidade prisional do estado.

Segundo a gestora, o anúncio é uma resposta à "crise vivida no sistema prisional de Roraima".

“Pedimos ajuda ao governo Federal, mas também estamos fazendo nossa parte”, declarou.

Suely Campos disse ainda que o próximo passo do estado é abrir processo administrativo para contratar uma empresa para elaborar o edital e realizar o concurso.

Outro anúncio

A governadora também anunciou a construção de um presídio com recursos próprios com capacidade para 380 vagas.

Com a nova unidade prisional, o estado deverá criar ainda em 2017 mais 1433 novas vagas no sistema prisional, eliminando o déficit existente hoje e a superlotação da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, que hoje abriga quase o dobro de detentos que é capaz de suportar.

No final do ano passado, o governo federal destinou para Roraima R$ 44,7 milhões para a construção de um presídio de segurança máxima, no valor de R$ 31 milhões, com 393 vagas, e o reaparelhamento do sistema prisional.

"Além disso, o governo do Estado conseguiu, neste ano, recuperar convênios para dar continuidade à construção de um anexo da Cadeia Pública de Boa Vista, com 432 vagas, e de um presídio no município de Rorainópolis, com 228 vagas, cujas obras foram abandonadas na gestão passada", informou a assessoria do governo.

http://g1.globo.com/rr/roraima