domingo, 4 de dezembro de 2016

[...

De  um amigo: O avião da Chapecoense acaba de pousar aqui no céu. Estão todos bem, sãos e salvos. A torcida invadiu a pista de pouso para comemorar com os jogadores. Todos choraram de alegria quando o capitão Cléber Santana apareceu com a taça nas mãos. O goleirão Danilo foi um dos últimos a descer, um pouquinho atrasado. O presidente já deixou claro que continuará no cargo no ambiente celeste. O técnico Caio Jr. Está sendo carregado nos ombros. A festa tem muitas bandeiras, até de outros clubes. Pudera: esses jogadores levaram ao pé da letra o discurso de vestiário, de que dariam a vida por essa conquista. São mais do que vencedores. São heróis.