terça-feira, 15 de novembro de 2016

Mãe lança campanha maravilhosa por filho que foi recusado em campanha publicitária por ter necessidades especiais

Muitas campanhas já clamam por mais inclusão no mundo da moda e da publicidade, mas uma mãe está indo mais longe ao chamar a atenção das empresas para seu filho Asher, que tem síndrome de Down. A intenção é que o menino trabalhe como modelo infantil por mais representatividade na publicidade – e os resultados até o momento são promissores.

Meagan Nash enviou fotos do pequeno Asher para a agência de modelos especializada em crianças C2 Kids, nos Estados Unidos, tentando incluí-lo em alguma campanha publicitária. Ao questionar a agência sobre uma selação para a marca Carter’s, ela recebeu a resposta de que as fotos de Asher não haviam sido enviadas ao casting porque o cliente “não solicitou (crianças com) necessidades especiais“, segundo informações do Huffington Post.


Mas Meagan sabia que essa não era uma boa desculpa. Afinal, como a agência saberia que o cliente NÃO queria uma criança com deficiência, se eles nem sequer haviam visto as fotos de Asher? Ao questionar à agência, Meagan foi informada de que eles estavam de acordo com seu ponto de vista e começariam a incluir as fotos do menino nos próximos castings.

Desde então, a mãe tem feito o que pode para chamar a atenção da indústria e incluir seu filho em campanhas publicitárias. Em uma publicação na página Changing the Face of Beauty, ela compartilhou três fotos de Asher e sugeriu nomes de marcas infantis que poderiam se beneficiar do talento do menino.

Desde então, a história e as fotografias de Asher se tornaram virais e chamaram a atenção de empresas no país. Após o incidente, a Carter’s teria entrado em contato com Meagan e marcado uma reunião com ela para os próximos dias, com a intenção de conversar sobre a possibilidade de incluir Asher em uma de suas campanhas. 
Talento a gente já sabe que ele tem de sobra.

Katie Meade é a primeira modelo com síndrome de down a estampar uma campanha de cosméticos
Pâmela Caroline de Andrade, conhecida como Pâmela “Pampam”. Em 2015, Aos 30 anos, ela entrou para o RankBrasil pelo recorde de Primeira modelo plus size com Síndrome de Down.

Fontes: http://www.jornalofarol.com.br ; http://www.hypeness.com.br/