sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Joinville registra mais de 100 assassinatos em 2016


Joinville, no Norte catarinense, registrou 101 assassinatos até esta quinta-feira (3) em 2016, como mostrou o RBS Notícias. O número já é maior do que no mesmo período do ano passado. Em 3 de novembro de 2015, eram 98 assassinatos.

Com esses números, a cidade tem uma média de um homicídio a cada três dias. Em 2015, foram 125 assassinatos em um ano e há a possibilidade de 2016 terminar com ainda mais homicídios. A polícia reconhece que a quantidade é alta, mas acredita que conseguiu impedir um crescimento de um ano para o outro.

"Se for comparar com a crescente do ano passado, nós deveríamos estar no dia de hoje com pelo menos 140, 150 homicídios. Então para nós esse freio, essa redução na crescente, ou seja, menos 40 homicídios, é um resultado excelente. Além do que, a resolubilidade da nossa delegacia chegou a 60%, com períodos e meses com 85% a 90% dos homicídios resolvidos", disse o delegado regional de Joinville, Laurito Akira Sato.

Ações
Nesse ano, algumas ações foram tomadas pela polícia para tentar reduzir a escalada dos homicídios. Em março, uma força-tarefa reuniu centenas de policiais da capital em Joinville. A operação foi ostensiva, para marcar presença nas ruas.

Em maio, a Delegacia de Homicídios foi aberta, no lugar da Delegacia de Trânsito. O próximo passo é buscar reforço para o efetivo da Polícia Civil.

Bairros mais violentos

De todos os homicídios, 48 foram na região Sul de Joinville. Entretanto, os bairros com mais ocorrências estão no Norte: Paranaguamirim e Jardim Paraíso, ambos com 11 assassinatos desde o início do ano.

Na sequência, aparece o bairro Ulysses Guimarães, na Zona Sul, com 9 homicídios. Iririu e Jardim Iririí têm oito assassinatos registrados cada. Já o bairro Boehmerwaldt, cinco assassinatos

A maioria dos crimes foi cometida com arma de fogo, com 81 vítimas. Outros 21 assassinatos foram feitos com outras armas, como facas.

Maioria são homens e jovens. A maioria das vítimas são homens. Ao todo, foram mortos 85 homens e 16 mulheres.

Em relação à faixa etária, 15 eram menos de 18 anos, 21 mortos tinham entre 26 e 35 anos, outras 20 tinham entre 36 e 45 anos, 6 tinham entre 46 e 55 anos e três vítimas tinham mais de 56 anos de idade.

A vitima mais jovem assassinada em 2016 foi um menino, de 13 anos.

Confira os dados de assassinatos em Joinville em números. 

Bairros mais violentos são 
Paranaguamirim - 11
Jardim Paraíso - 11
Ulysses Guimarães - 9
Iririú - 8
Jardim Iririú - 8
Boehmerwaldt - 5

Perfil das vítimas
Homens - 85
Mulheres - 16

Armas utilizadas
Arma de fogo - 81
Outras armas - 20

Idade das vítimas
Até 18 anos - 15
De 19 a 25 anos - 27
De 26 a 35 anos - 22
De 36 a 45 anos - 20
De 46 a 55 anos - 6
Mais de 56 anos - 3

Fonte: http://g1.globo.com/