domingo, 3 de julho de 2016

‘hum! só vendo pra crer ...’



E foi como São Tomé, santo estigmatizado pela sua incredulidade após a morte do Senhor que apareceu aos discípulos no dia da ressurreição e que a Igreja hoje(03/07) homenageia que muitos colegas se comportaram quando passaram a verificar a ausência de novas postagens nesse espaço. O aparente desinteresse sempre foi questionado por aqueles que já tinham como hábito diário dar uma passadinha por aqui. Por mais de um ano respondi a quem me perguntou pela continuidade do blog que eu não faria novas postagens, sendo este um projeto do meu agrado, mas já encerrado. Para minha surpresa, como São Tomé, a resposta era quase sempre a mesma: ‘hum! só vendo pra crer ...’ Pois bem, se planejei retomá-lo hoje, dia de São Tomé ?! Não! Mas, a verdade é que hoje na missa quando com muita atenção atendi ao convite do pároco para que respondêssemos a pergunta ‘onde nos encontramos?’, antes de analisarmos nossa falta de fé e nossas dificuldades de vida, dentre tantas outras reflexões que me vieram à mente uma delas foi justamente o encerramento do estimado espaço - DIÁRIO DA GARDÊNIA. Pois bem, sem me alongar acerca dessas reflexões, digo aos meus colegas/leitores assíduos e incrédulos como São Tomé, que cheguei a conclusão que esse blog já tem muita história para ser abandonado. O Blog continua ...!  

Quanto ao nosso desejo de ‘tocar’ Deus, como fez São Tomé, os recursos sabemos quais: “a oração, que nos conecta a ele; a meditação, pela qual sabemos onde ele habita: no mais íntimo de nós mesmos; e o amor, a experiência de vivenciá-lo no próximo, dando a vida “para que todos tenham vida” (João 10, 10).