sábado, 6 de dezembro de 2014

COROATÁ - MPMA visita delegacia após princípio de motim


Um início de rebelião foi registrado na manhã desta quarta-feira, 3, na Delegacia de Coroatá. Os presos tentaram quebras as celas e, em meio à confusão três presos fugiram. Dois fugitivos já foram recapturados e não houve feridos ou mortos.

Os 24 detentos reclamavam da superlotação, ambiente insalubre e "baderna" na unidade prisional. A delegacia do município funciona em um imóvel temporário, pois o prédio próprio está em reforma há cerca de dois anos. Atualmente, as obras estão paradas.

Logo após o controle do motim, a titular da 1ª Promotoria de Justiça de Coroatá, Patrícia Pereira Espínola, e a juíza Josane Braga, da 1ª Vara da Comarca, realizaram uma visita ao local. De imediato, elas determinaram a transferência dos líderes da rebelião, além da abertura de um procedimento administrativo para avaliação do prazo de conclusão das obras da delegacia.

Fonte: http://www.mpma.mp.br/

A Delegacia de Coroatá foi incendiada no dia 23.02.13, na época os presos foram apontados como autores do incêndio, os mesmos teriam iniciado o incêndio jogando um pedaço de pano sobre motocicletas apreendidas que ficavam no pátio interno. Como se pode verificar nas imagens abaixo o estrago foi grande. Somente inquéritos policiais de 2012 teriam sido salvos. 
Desde então, depois que os 35 presos custodiados foram transferidos para outras delegacias o funcionamento das atividades da Delegacia de Coroatá passou a acontecer de forma ainda mais precária, dentro de uma garagem em um prédio de uma agropecuária pertencente aos pais do vereador Camilo (DEM), aliado da prefeita Teresa Murad, onde permanece até hoje, quase dois anos depois do fato.  


E NINGUÉM MAIS SE DEU CONTA DISSO?!

E O QUE ERA PARA SER UMA SITUAÇÃO PROVISÓRIA VIROU PERMANENTE, E AINDA PRECISA PRINCÍPIO DE MOTIN PARA ESSA SITUAÇÃO SER VERIFICADA PELAS AUTORIDADES ....  ANTES TARDE QUE NUNCA !!! 


Segurança Pública é coisa séria !
Delegacia não é presídio e
Policial não é Agente Penitenciário