quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Policiais denunciam falta de combustível para viaturas em Teresina e no interior

Policiais civis denunciam que algumas delegacias do Piauí já sofrem com a falta de combustível para as viaturas. O temor é de que nesta quarta-feira (5), dia de abastecimento dos veículos, os cartões não sejam aceitos nos postos, em razão da falta de pagamento da empresa prestadora de serviço para o Estado. 

Constantino Júnior, presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpolpi), recebeu informações de que em municípios do interior, como União, ontem já não foi possível abastecer as viaturas, gerando temor para quarta-feira. "Se houver uma negativa, é muito preocupante porque estamos vivendo uma escalada da violência muito grave e isso faz com que a população fique desprotegida", alertou o sindicalista. 

O delegado Mamede Rodrigues, do 5º Distrito Policial (São João - zona Leste), informou que o cartão da viatura da delegacia estava bloqueado. Ele conseguiu abastecer a viatura, mas deixou um débito em aberto no posto. 

James Guerra, delegado geral da Polícia Civil, explicou que a empresa que presta o serviço de combustível para o Governo do Estado está em negociação nesta terça-feira com a Secretaria de Administração. "Até hoje, os serviços estão sendo prestados com normalidade. Somente amanhã, a depender dessa conversa entre a empresa prestadora e o governo do Estado, é que saberemos se haverá ou não um corte. Não adianta a gente atropelar os fatos", afirmou.