sábado, 1 de novembro de 2014

Operação ganha reforço da PM do Ceará para encontrar acusado de chacina

A polícia está concentrando esforços na região de Novo Oriente (CE), onde Clewilson Vieira Matias, conhecido como Chiê, tem parentes. Ele é o autor da chacina na comunidade Palmeira de Cima, em São Miguel do Tapuio, que vitimou cinco pessoas na última quinta-feira (30). O município fica na divisa com o Piauí. 

Um grupamento da Polícia Militar do Ceará está ajudando nas buscas a Clewilson Matias. "Um dos principais problemas que estamos enfrentando é a comunicação, porque a maioria das buscas estão ocorrendo na zona rural", explica o tenente da PM do Piauí, Izenilson Cardoso.

De acordo com o oficial, todas as informações que chegam até o comando da operação estão sendo checadas. Sobre o boatos que surgiram de que Chiê teria sido morto na noite desta sexta-feira (31), Izenilson Cardoso afirmou que informações como esta prejudicam as buscas. 

"Nós recebemos a determinação de só encerrar a operação com a captura do acusado. Então, todas as informações que chegam até o comando são checadas a fundo para evitar alarmes falsos". 

Além das policiais militares do Piauí e Ceará, a operação recebeu reforços de oficiais do Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone), Grupos de Ações Táticas Especiais (Gate), Batalhão de Operações Especiais (Bope) e o Grupamento Tático Aeropolicial (GTAP).

Clemilton Vieira Matias, o “Chié”, de 43 anos

As vítimas faziam parte de um grupo que queria expulsar o criminoso do povoado e já haviam sido juradas de morte por “Chié”.
Fonte: http://cidadeverde.com/