quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Acusado de participar de arrastão no Chico 18, não resiste a ferimentos e morre

Baleado na tentativa frustrada de assalto à casa de um policial do Rone na tarde de segunda-feira (17), o jovem Wescley Natanael de Sousa, de 19 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu na noite desta terça-feira (18) em Teresina. A informação foi confirmada pela Polícia Militar.

Mais conhecido como Natan, o jovem foi alvejado com dois tiros - um na perna e outro no braço - quando tentava assaltar a casa do soldado Everardo Pinheiro, no bairro Saci, na zona Sul da capital.

Além da invasão à casa do militar, Natan é acusado de participar de um arrastão no balneário Chico 18, na cidade de Timon, no Maranhão. O caso foi registrado no dia 9 de novembro. Na ação, o eletricista João Paulo Soares dos Santos, de 29 anos, foi morto com um tiro nas costas. Natan é o principal acusado do homicídio.

Pelo crime cometido em território maranhense, Natan tinha contra si um mandado de prisão preventiva já decretado.
Fonte: http://cidadeverde.com/