terça-feira, 21 de outubro de 2014

Professor da UFPI denuncia ex-namorada por ameaça de morte

Um professor da Universidade Federal do Piauí (UFPI) registrou Boletim de Ocorrência no 12° Distrito Policial após ser ameaçado de morte pela ex-namorada, com quem teve um relacionamento de dois meses.

O fato tomou maior repercussão após a acusada ser submetida a um exame de corpo delito para comprovar supostas agressões do professor. 

Além do professor, o delegado Ademar Canabrava, que responde pelo DP, registrou outros dois B.Os contra a mesma pessoa, um da irmã e outro da ex-esposa do docente, que teriam sido ameaçadas e caluniadas pela acusada.

"Eu tive um relacionamento de dois meses com essa pessoa e nunca pensei que terminaria assim. Estamos há um mês separados e ela não aceita. Por conta disso, já me acuou no meu trabalho, na academia e em outros locais, foi à casa da minha ex-esposa e da minha irmã para ameaçá-las também. Quando registrei a denúncia, mostrei para o delegado as conversas de WhatsApp e as gravações telefônicas para comprovar as ameaças e calúnias", completou o professor, em entrevista ao Cidadeverde.com.

Em uma das ligações, a acusada, que é atendente de telemarketing de um hospital particular de Teresina, teria dito ao docente que está grávida. A ex-esposa do docente é juíza federal e teria tido o sigilo bancário quebrado sem ordem judicial por um irmão da acusada, que seria funcionário de um banco. 

O delegado Ademar Canabrava confirmou a existência das denúncias e prometeu investigar o caso, através da abertura de um inquérito.

Fonte: http://cidadeverde.com/