sábado, 18 de outubro de 2014

ME ENGANA QUE EU GOSTO.

E hoje acordei danada pensando na vida! Pois é, e pensando aqui acerca de um dos vários projetos que nunca tirei do papel não cheguei a outra conclusão senão a que ando me boicotando há tempos, pura autossabotagem. PRIMEIRO: Ando começando coisas e não terminando e isso inclui o pobrezinho deste blog e minha tão sonhada revista, guardados no coração mas esquecidos na ação de realizá-los. Sempre começando, continuidade na sua melhor forma que é bom, nada ! SEGUNDO: Para o lugar dos pontos finais sempre reticências, muitas delas, ficando tudo para o dia seguinte numa eterna procrastinação do que já devia ter sido realizado. TERCEIRO: Para me proporcionar conforto a justificativa da falta de tempo tem sido imperiosa, sob a alegação da busca da perfeição... Ora, ora perfeição de que se não estou a fazer coisa alguma! Claro que eu sei que " mais vale algo feito que perfeito", mesmo assim sigo com esta desculpa esfarrapada que já não convence ninguém. QUARTO: Por fim, a mais antiga e atual desculpa utilizada por quem ainda não fez porque não quis mesmo - Ando sem tempo. Outra mentira, acerca de seis meses tive a vida alterada em 360ºgraus e o que mais ganhei foi tempo, mesmo assim, nada de concluir os projetos. Pois é, e assim tenho seguido dia após dia, numa autoenganação de dar dó e enquanto isso nada concluo... Só na pura autossabotagem. Cuidado, isso pode está acontecendo com você também, sabia?! 
Márcia GARDÊNIA.