sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Policiais civis participam de ato pela morte da investigadora MARIA REGINA DE ALMEIDA



Belo Horizonte(MG) - A manifestação realizada ontem (04.09) na Praça da Liberdade, de 14h às 16h, em homenagem aos investigadores Maria Regina de Almeida e Paulo César de Oliveira Mendes, contou com a participação de delegados e demais policiais da categoria, como também, com o diretor administrativo financeiro, José Maria de Paula e o presidente interino, Antônio Marcos Pereira (Toninho Pipoco), do Sindpol/MG.

Maria Regina de Almeida, 47 anos, faleceu na última segunda-feira (1º), durante um assalto no bairro Nova Suíssa, em Belo Horizonte/MG. No mesmo dia o investigador, Paulo César de Oliveira Mendes, foi gravemente ferido durante tiroteio em Contagem/MG e está internado no Hospital João XXIII.

Durante conversa com algumas pessoas na praça, o Sr. José Maria de Paula constatou que, “as reivindicações são muitas: baixa de efetivos, falta de políticas de melhoria nas delegacias e o aumento nos índices de criminalidade, o que coloca os policiais civis sob intenso estresse”. Assim, esses problemas ocasionam mais afastamentos para tratamento médico, e consequentemente, tiram cada vez mais os operadores de segurança pública de sua batalha diária. 

O Sindpol/MG continuará cobrando das autoridades do Governo do Estado uma maior valorização e respeito com aqueles que colocam suas vidas em risco para cumprir seu ofício de proteger a sociedade mineira.



http://www.sindpolmg.org.br/