terça-feira, 12 de agosto de 2014

FALSIFICADORES SÃO PRESOS EM ITAPECURU-MIRIM


Uma ação dos militares da 8ª Companhia Independente de Itapecuru-Mirim resultou, na última terça-feira (05), na prisão em flagrante delito de Vanda Aparecida Monteiro de Oliveira, 48 anos e Marcela Monteiro de Oliveira, 28 anos, mãe e filha; Geberson Faustino Vieira e Fábio Pereira Bezerra, ambos de 26 anos, suspeitos de falsificar documentos, no município de Itapecuru-Mirim.

Segundo o delegado regional da cidade, Sidney Oliveira, os quatro indivíduos foram presos em um veículo Polo cinza, de placas JHT-3665, na Rua do Sol, no bairro Centro, em Itapecuru-Mirim, após denúncias anônimas que delataram a atuação criminosa dos suspeitos. 

No interior do veículo, os policiais militares encontraram uma porção de maconha prensada; vários documentos de identidade falsos; um computador; uma impressora; diversos objetos que seriam utilizados para falsificar os documentos; a quantia de R$418,00 (quatrocentos e dezoito reais) e um aparelho metalizado que produz furos circulares que pode ser empregado para falsificar inscrições feitas pelas secretarias de seguranças.

De acordo com o regional, a polícia apreendeu carteiras de identidades falsificadas do estado de Goiás com fotografias de Vanda em nome de Irlene de Magalhães Damião e Gabriela de Freitas Marchisi Lobo. Após realizar uma consulta na Rede INFOSEG, os policiais constataram que se tratava de documentos falsos.

Além destes, foi encontrado com o Geberson um CPF contendo apenas sete números, ao verificar, os militares descobriram que também era falsificado e um documento de inscrição de prova do Detran de Goiás em nome dele.

Já com o Fábio, explicou o Sidney Oliveira, foram encontrados duas carteiras de identidade falsas do estado de Goiás com fotografias dele, mas em nome de Márcio Pereira Borges e Fernando Figueiredo. E com a Marcela, foi apreendida a droga, que afirmou ser de uso próprio.

“Gerberson já responde pelo estado de Goiás pelo crime de homicídio e tentativa de homicídio e Fábio foi indiciado por uso de documento de falso” informou o delegado regional, Sidney Oliveira.

Os quatro foram encaminhados para a 2ª Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim, onde foram autuados por formação de quadrilha e por uso de documento falso. Após os procedimentos foram recambiados para o Centro de Triagem de Pedrinhas.

Fonte: https://www.ssp.ma.gov.br