quinta-feira, 10 de julho de 2014

Polícia investiga duplo assassinato ocorrido em Coelho Neto-MA

Na terça-feira (08) um duplo assassinato ocorreu na cidade de Coelho Neto. O crime aconteceu na Rua Deputado Raimundo Bacelar, centro. As vítimas foram identificadas como sendo a empresária da Loja Joaman Calçados, Antônia Gomes da Silva 43 anos, e o caseiro José Adalmir da Silva, 44 anos.



De acordo com as primeiras informações colhidas pela reportagem do Portal Coelho Neto através de testemunhas, o duplo homicídio teria ocorrido após uma suposta discussão entre a empresária Toinha da Joaman e seu esposo José Oscar de Azevedo Silva que durante a briga do casal, o caseiro teria tentado evitar o pior e acabou entrando no meio para salvar a empresária.

Mais a situação teria saído do controle, e José Adalmir acabou sendo alvejado com pelo menos 5 tiros a queima roupa que lhe atingiram a cabeça, braços, e costas a vitima ainda foi levada para o Hospital Municipal Casa de Saúde de Coelho Neto, mais já chegou morto.

A segunda vitima conhecida por Toinha dona das Lojas Joaman Calçados, com matriz em Coelho Neto e filial em Afonso Cunha, e Buriti-MA, devido às várias lesões sofridas na cabeça que podem ter sido ocasionadas por um pedaço de madeira também não resistiu aos ferimentos e morreu minutos após da entrada no hospital.

Histórico 

A vítima Antônia Gomes da Silva, por diversas vezes tentou a separação amigável com seu esposo que não aceitava a separação. No ano passado a vítima foi brutalmente espancada e acabou no hospital da cidade desmaiada, após a mesma flagrar seu esposo com outra mulher no interior do município de Coelho Neto, o caso não chegou ao conhecimento das autoridades policiais devido a vitima ter medo das ameaças caso desse queixa, os detalhes e nomes dos envolvidos nessa agressão serão preservados para não atrapalhar uma possível investigação sobre o ocorrido.

O crime continua sendo investigado e o del. Sidney Prazeres, titular da delegacia já tem traçada duas linhas de investigação: Uma delas é que o duplo homicídio pode ter sido praticado por José Oscar de Azevedo Silva, esposo da empresária Toinha. A segunda seria por legítima defesa, em que o investigado teria visto a mulher sendo morta e desferiu tiros contra o caseiro.

De acordo com o laudo do exame cadavérico feito no Hospital Municipal de Coelho Neto, a vítima apresentava sinais de pancadas na cabeça, além de lesões de defesa nas mãos. Antônia Gomes da Silva, 43 anos, foi morta por espancamento.

Ainda de acordo com laudo do exame cadavérico a segunda vítima José Adalmir da Silva, 44 anos, foi morto com seis tiros de revólver calibre 38. A polícia acredita que a arma tenha sido recarregada, já que mais projéteis foram encontrados no chão da residência onde aconteceram os crimes.

O investigado mesmo já fora do flagrante ainda não se apresentou as autoridades policiais, e pode ter sua prisão decretada nas próximas horas. 

Fonte: http://portalcoelhoneto.com/
Policia Civil - Coelho Neto/MA.