sábado, 5 de julho de 2014

Os fins NÃO justificam os meios

Parece mentira de 1º de abril, mas não é. E justamente por ter me chocado, pois eu seria uma vitima fácil fácil de cair em uma armadilha desse tipo, já que continuo esperando o melhor das pessoas, principalmente das mais próximas, resolvi compartilhar esse fato que me foi recentemente relatado. ATENÇÃO, meus diletos leitores, isso pode acontecer com você! Mas, vamos lá, pois a história é pequena mas suas consequências podem não ser. Sabe aquele aparelho celular que a gente verifica carregando no nosso local de trabalho, aquele que se deixa um pouco, só enquanto se vai bem ali, rapidinho, um pé lá, outro cá? Cuidado!!! Essa pode não se configurar uma simples ação de recarga do aparelho celular, mas pode tratar-se de uma ação vil com propósito de gravar todos os diálogos estabelecidos no local. Pode, Freud, uma safadeza dessas?! Sim, porque eu não tenho outro adjetivo para atribuir a uma raça ruim dessas. Cruz credo, Deus nos livre dessa gente ruim! 
  "Espere o melhor, mas se preparar para o pior."