quarta-feira, 2 de julho de 2014

AUTORIZAÇÃO?!

" Testemunhas oculares que estavam no local onde o universitário Ruan Pedreira, 21 anos, foi baleado, prestaram depoimento no 4º Distrito Policial de Teresina na manhã desta quarta-feira (2). O delegado José de Anchieta não gravou entrevista por conta de uma portaria da Delegacia Geral que proíbe os delegados de dar informações à imprensa sem autorização, mas confirmou que o principal suspeito de cometer o crime é um policial militar. O caso será transfeiro para a Delegacia de Homícidios"

Saiba mais CLICANDO AQUI