segunda-feira, 14 de julho de 2014

Delegado Geral afirma que acusado de matar Ruan será preso antes do prazo

TERESINA(PI) - A morte do universitário Ruan Pedreira, vítima de bala perdida na frente de um bar na Avenida Maranhão desencadeou uma investigação profunda, a policia do 4° distrito chegou ao culpado na semana passada, no entanto o acusado conseguiu empreender fuga. Após várias tentativas, a guarnição espera uma denúncia completa sobre o paradeiro do acusado.

O delegado geral James Guerra, disse que o nome do mesmo não pode ser revelado para não atrapalhar as investigações. “Ele já foi preso em duas oportunidades, por porte ilegal de arma de fogo, e tráfico de drogas, já pegamos o depoimento da companheira dele, que segundo ela, ela tentou contê-lo, mas que ele era sim o autor dos disparos.

Nos estamos tomando outras medidas que são necessárias pra investigação, na próxima semana vamos fazer uma reprodução simulado, para comprovar a veracidade do caso. As outras medidas não podermos revelar, mas dentro dos 30 dias que nos temos vamos apresentar o culpado", declarou.

O estudante de engenharia mecânica Ruan Pedreira, 21 anos, teve morte cerebral decretada após ser atingido na cabeça por uma bala perdida ...
Fonte: http://www.meionorte.com/