segunda-feira, 30 de junho de 2014

Polícia identifica suspeito de atirar no estudante Ruan Pedreira durante jogo

HILTON BARBOSA - Chefe de investigação do 4ºDP 

TERESINA(PI) - O estudante de engenharia Ruan Pedreira, 21 anos, foi alvejado com um disparo de arma de fogo na cabeça no princípio de tumulto registrado em um bar no bairro Saci. Ele ia ao encontro de amigos que participavam da tradicional festa de comemoração realizada na praça das Palmeiras.

“Estivemos no local hoje conversando com as pessoas. Falamos com o dono do estabelecimento e com o chefe da segurança. Eles contaram que um rapaz entrou no bar com bebida e foi informado que isso não era permitido. Ele foi retirado do local e pouco tempo depois voltou com uma arma já, a princípio, ameaçando os seguranças”, conta o chefe de investigação do 4º DP, Hilton Barbosa.

De acordo com o apurado com as testemunhas, essa situação teria iniciado a troca de tiros. “Já temos a placa do carro que esse suspeito andava, que não vamos divulgar por questão de segurança e para não prejudicar as investigações”, revelou o agente da Polícia Civil do Piauí.

“O acusado andava em um carro, de cor prata, e estaria acompanhado de uma mulher loira. Os dois teriam menos de 30 anos. A bala que atingiu o rapaz, a princípio, seria de uma pistola 380, que não é privativa da polícia”, informa o chefe de investigação.

Hilton Barbosa informa que uma capsula de bala foi encontrada por um dos seguranças do espaço. O dono do estabelecimento informou que o profissional que estava de plantão no dia da troca de tiros deve entregar o artefato já nos próximos dias à polícia.

Rua Pedreira está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital da rede privada de Teresina. Ele está em coma induzido e respirando com ajuda de aparelhos. 


Noticia veiculada AQUI