terça-feira, 17 de junho de 2014

Pará recebe o reforço de 385 novos policiais civis


O Diário Oficial do Estado publicou nesta terça-feira, 17, a lista com o nome dos 385 novos policiais civis do Pará. Os novos profissionais que já concluíram o curso de formação Técnico-Profissional da Academia da Polícia Civil, no Instituto de Ensino de Segurança do Pará (Iesp), em Marituba, devem começar a atuar logo após a formatura, programada para o dia 24 de junho, às 9h, no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém. “Serão formadas 14 turmas, incluindo os cargos de delegados, investigadores, papiloscopista e escrivães, que ao longo de quatro meses passaram por intensas atividades práticas e teóricas de qualificação”, explica a delegada Liane Martins, diretora da Academia da Polícia Civil do IESP. 

Aluna do curso de formação para delegados, a advogada Rafaela Lacerda, 30 anos, se diz feliz com a decisão profissional e afirma que está pronta para seguir na carreira que sempre sonhou. “Ser delegada era um sonho antigo, que foi adiado por muito tempo, mas agora, graças a Deus, eu consegui realizar. Por isso, a minha expectativa é a melhor possível. Eu me sinto preparada para atuar na profissão, não apenas pela minha identificação com a carreira, mas principalmente por conta da formação de excelência que eu tive aqui”, garante a futura policial. 

Ex-contador da Polícia Civil, Emerson Menezes, 38, aluno do curso de papiloscopia, também conta as horas para a formatura. “Para mim, ser policial civil é a realização de um sonho. Mesmo trabalhando na instituição, embora em outra área, eu não me sentia completamente satisfeito. Mas agora vai ser diferente. Eu vou seguir a carreira policial de fato, dentro da área da papiloscopia, que é a função que mais me identifico. E com isso, passo a honrar cada vez mais o nome da instituição, sempre a serviço da sociedade“, ressalta o formando. 

Ao todo, serão formados 145 delegados, 131 investigadores, 19 papiloscopistas e 90 escrivães. O curso de formação Técnico-Profissional realizado pela Acadepol é a última etapa do concurso público da Policia Civil, iniciado no ano passado. Com aulas diárias em dois turnos, os novos policiais passaram por capacitações nas áreas de resolução de conflitos; criminologia; armamento, munição e tiro; Direitos Humanos; relações interpessoais; fundamentos de Polícia Comunitária, Atendimento Pré-Hospitalar e Gestão por Resultados, totalizando 680 horas de aula. 

Segundo a delegada Liane Martins, essa é a maior turma de policiais civis dos últimos dez anos. A diretora da Acadepol avalia como positivo os resultados do curso de formação e afirma que o sucesso das aulas é graças ao planejamento realizado pela instituição. “A poucos dias da conclusão do curso, a nossa sensação é a de dever cumprido. Conseguimos manter o nível de qualificação esperado, oferecendo um corpo docente especializado e uma estrutura técnica dentro das exigências das escolas de segurança pública nacional. Por isso, não tenho dúvida quanto ao preparo desses novos policiais para atuar de forma capacitada”, afirma a delegada. 

Fonte: http://www.zedudu.com.br/