domingo, 15 de junho de 2014

No Amapá, PM registrou mais de 150 mil trotes para o 190 em 2013


Funcionários do Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes) e estudantes de escolas públicas realizaram na última sexta-feira (13) uma caminhada e uma ação educativa nas ruas do Centro comercial de Macapá para conscientizar a população sobre os prejuízos causados por trotes. Em 2013, o número de trotes feitos ao 190 ultrapassou 158 mil ligações.

De acordo com o coordenador do Ciodes, tenente coronel Edmilson Abreu, o número desse tipo de chamado cresceu nos últimos dois anos e preocupou os órgãos de segurança no estado. "A gente foi percebendo que nem sempre esses trotes são realizados por crianças. Muitos adultos também praticam essa brincadeira de mau gosto", alertou.

Há dois anos o Ciodes realiza o projeto "Alozinho" em escolas públicas. O objetivo é alertar crianças e adolescentes sobre os perigos dessa prática.

"Quando um trote acontece é uma vida que deixa de ser salva, uma ocorrência que a polícia deixa de cumprir, entre outros malefícios. Essa caminhada que fizemos hoje é uma forma de fazer com que as pessoas só liguem para o 190 quando for necessário", advertiu o coordenador.

Em casos frequentes de trote, a coordenação do Ciodes adverte o autor das ligações. Caso a prática persista, o Centro envia um relatório das chamadas ao Ministério Público Estadual (MPE) e a pessoa que fez as ligações responderá ação judicial. Se as crianças forem as autoras do trote, os pais serão responsabilizados.

Fonte: http://g1.globo.com/ap/amapa/