terça-feira, 24 de junho de 2014

No AM, corregedoria investiga PMs denunciados por suposto estupro

A Corregedoria da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) instaurou procedimento para apurar denúncia contra dois policiais militares da 1ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que supostamente estupraram uma mulher no bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus. O abuso sexual teria ocorrido em uma viatura do Programa Ronda no Bairro na madrugada do último sábado (21). Os nomes dois PMs não foram divulgados pela Polícia Militar, mas a dupla já foi identificada. Segundo o comandante da 1ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), major Juan Morrilas, o suposto estupro - conforme relato da vítima - teria ocorrido na madrugada de sábado. “A denúncia foi registrada diretamente na Corregedoria, que instaurou procedimentos legais e no mesmo dia os dois policiais militares foram ouvidos. Eles prestaram depoimento no ato da denúncia”, revelou o major ao G1. Já o coronel Euler Carneiro, corregedor da Polícia Militar, confirmou apenas que a denúncia foi registrada e o procedimento enviado à Justiça Militar. O corregedor justificou que não poderia relatar detalhes do caso, mas disse que os dois policiais foram identificados. Os dois militares estão na PM do Amazonas há quatro anos e ingressaram na corporação na turma de 2010. De acordo com o comandante da 1ª Cicom, esta é a primeira denúncia registrada contra os policiais. “É uma surpresa, pois não condiz com o desempenho deles na atividade policial. Os dois são de uma equipe operacional mais eficiente na apreensão de armas, drogas e prisões de assaltantes”, comentou major Morrilas. Apesar da denúncia, até noite desta segunda-feira (23), os dois ainda não tinham sido afastados das funções e permanecem escalados retornar ao serviço nesta terça-feira (24).

Fonte: http://g1.globo.com/am