sábado, 28 de junho de 2014

ESSE É SÓ MAIS UM CASO ... .

"...Eu conversei com ele no celular como se fosse ela. Era o cara chamando ela para ir fumar um", revela a mãe, que não quis ser identificada. Ela justifica a medida extrema dizendo que está preocupada com a vida da filha. "Do que eu tenho medo? De perder ela para os traficantes. De um dia ela sair e não voltar mais", lamenta. Goiania(GO), 23.06.14

AJUDE A COMBATER O CRIME DE TRÁFICO DE DROGAS




 WhatsApp: 98 9224-8660 - São Luís/MA