domingo, 29 de junho de 2014

Jovem atingido por bala perdida após vitória do Brasil tem morte cerebral

Jovem teve morte cerebral após ser atingido por bala na cabeça (Foto: Reprodução/Facebook)

TERESINA (PI) - O estudante de engenharia mecânica Ruan Pedreira, 21 anos, teve morte cerebral declarada após ser atingido na cabeça por uma bala perdida durante comemoração do jogo da seleção brasileira no Cais da Avenida Maranhão, próximo ao bairro Saci, Zona Sul de Teresina. O jovem e mais três amigos estavam saindo da festa quando houve um tiroteio, por volta das 22h de sábado (28).


Segundo Rafael Prado, amigo da vítima e testemunha do caso, a festa com paredões de som acontecia na avenida, e quando os jovens perceberam o início de uma briga saíram correndo. "Começou a troca de tiros e nós nem esperamos para saber o que tinha acontecido, queríamos sair de perto. Ouvi seis disparos e no sétimo percebi o Ruan caindo atrás de mim. Nesse momento começo.

O amigo lembrou que os companheiros e a mulher de um policial que estavam no local ligaram para o Serviço de Urgência Móvel (Samu). De acordo com Rafael, a vítima foi levada para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) ainda respirando, mas devido à demora no atendimento Ruan Pedreira entrou em coma. "Só tinha um médico de plantão e o atendimento demorou muito. Foram atendê-lo na manhã deste domingo, já comunicando que o Ruan estava com morte cerebral", denunciou Rafael.

Fonte: AQUI