quinta-feira, 26 de junho de 2014

"DONGO" é transferido para presídio Jorge Vieira, em Timon (MA).

TIMON (MA) - Acusado de abusar sexualmente da filha menor, de 12 anos, na quarta-feira (18.06), Francisco Alves Gomes, mais conhecido como "DONGO" foi preso em flagrante delito pelos policiais civis da Regional de Timon, Paulo Rodrigues, Vilamar Moraes e Dirceu Noleto.

Os policiais flagraram a menor em um Posto de Saúde, local de trabalho do pai, seminua, após manterem relação sexual. Segundo acusado e vitima, era no Posto de Saúde que eles se encontravam durante à noite, já que o acusado trabalhava no local como vigia.

Questionado se não sabia que a menor era sua filha, o acusado se restringiu a responder que por ela não tinha sentimento de pai, e que nem certeza tem de que a menor é realmente sua filha, pois se separou da mãe dela quando ela ainda era muito pequena.

Esclareceu ainda a vitima que o relacionamento amoroso com "DONGO", como chama o acusado, mantém desde os nove anos de idade e que começou quando ia visitar a avó paterna. 

As Conselheiras Tutelares, que já vinham investigando o caso acerca de dois meses se mostraram bastante chocadas com a naturalidade dos relatos da menor e do acusado. 

"Preocupante o grau de envolvimento da vítima, como podemos observar a preocupação dela é o que vai acontecer de ruim com "DONGO", disse uma das Conselheiras. 

Custodiado desde a sua prisão nas dependências do 3º DP, o acusado foi transferido na tarde de ontem (25.06) para o Presídio Jorge Vieira, em Timon, onde deverá ficar à disposição da justiça. 

Contra o acusado já havia sido expedido mandado de prisão preventiva. Com o prazo de dez dias para a conclusão do Inquérito Policial, a del. Ingrid Albuquerque, Titular da Delegacia da Mulher, tem até o dia 27.06 para encaminhar os autos à Justiça.