quinta-feira, 26 de junho de 2014

Delegada faz apelo para encontrar gata KIKINHA


Animal morava na unidade de Alagoinhas há 6 anos e está perdido desde 16 de junho. 'Estou muito triste', diz Quitéria Maria, dona da gata chamada de Kikinha. 

Com 13 anos de profissão, a delegada Quitéria Maria, de Alagoinhas, cidade a 100 km de Salvador, não está à procura de criminosos desta vez, mas sim de uma gata Kikinha, animal de estimação que cria desde 2009 e que desapareceu no dia 16 de junho deste ano. Ela cria a gata há seis anos, tempo em que atua na cidade.

"Ela chegava aqui, ficava ao lado dos presos, perto da carceragem, era bem pequenininha ainda, então comecei a criar, dava comida, vacinas, castrei. Tive todos os cuidados que um dono tem, a diferença é que ela morava aqui na delegacia", explicou. O nome foi escolhido inspirado no nome da dona. "Me chamam de Kika, então, coloquei o nome dela de Kikinha", contou.

Além do carinho da própria dona, Kikinha era bastante conhecida na cidade, porque não ficava apenas na delegacia, passeava e depois voltava. Ela ainda conta que a gata também "trabalhava" na delegacia. "Pegava os ratos que entravam e não dava moleza a eles", disse, em tom de alegria.

Noticia veiculada Aqui