domingo, 8 de junho de 2014

Caminhada da Fraternidade em Teresina é aproveitada por políticos para enganar o povo

Por Wagner Leite
Neste domingo, chamou-nos a atenção na Caminhada da Fraternidade ocorrida em Teresina, a presença de alguns políticos tentando colher algum dividendo eleitoral com o evento, entre os quais, o atual senador e ex-governador do Piauí, o tal Wellington Dias. É claro que canalhas não desperdiçariam a oportunidade de pousar com a camisa do evento, assim como qualquer bom político. Todavia, vamos aos fatos. O evento é organizado pela Igreja Católica e por óbvio supõe-se que para participar dele a pessoa tem que pelo menos acreditar em Deus e em seus princípios. Sendo essa afirmação verdadeira, e sabendo que a base do comunismo e socialismo é a negação da existência de Deus, podemos concluir que todo e qualquer comunista ou socialista que participou do evento, como é o caso do senador Wellington Dias e pré-candidato ao governo do Estado do Piauí pelo PT - Partido dos Traidores, estava no evento para enganar e iludir as pessoas - ou é possível outra conclusão? Podemos concluir que o político que se fez presente na Caminhada da Fraternidade e que defende o aborto, o assassinato de alguém indefeso ainda no útero e que nega a existência de Deus segundo o marxismo é ou não um canalha? Pensem e não percam a oportunidade de retirar da política os aproveitadores de plantão nas eleições deste ano.