domingo, 18 de maio de 2014

(...)

 
FLÁVIO THÉ, pai de LOANE MARANHÃO DA S. THÉ.

“Não foi uma fatalidade, pode ter sido uma infeliz coincidência. Mesmo na polícia há falta de segurança. O Estado transformou uma instituição sem estrutura com salários baixos e que não valoriza devidamente as pessoas que se dedicam a ela”