terça-feira, 14 de janeiro de 2014

O ex-governador do Piauí e atualmente senador, Wellington Dias (PT), é denunciado por homicídio

Finalmente uma luz no fim do túnel. O senador do Piaui, Wellington Dias, foi denunciado por homicídio segundo reportagem do GP1 que vocês podem conferir abaixo ou diretamente no próprio site em que foi publicada clicando AQUI. O fato relaciona-se a barragem de alguns que "estourou" e matou várias pessoas, alterou para sempre o relevo da região, destruiu propriedades, matou várias animais e ainda um dano imensurável para a fauna e a flora de várias cidades. Ainda não vimos a denúncia, mas se foi "apenas" por homicídio, com certeza, terminou ficando "barato", pois particularmente entendo ter havido vários crimes. Todavia, deixamos aqui a informação para que leiam e para que busquem enquadrá-los em outros tipos penais. Leiam, por favor, com atenção; não esqueçam os nomes dos envolvidos e se perguntem se não poderia haver outros denunciados. A título de informação, para fazer justiça, as autoridades foram devidamente comunicadas pelo Corpo de Bombeiros de que a barragem iria romper e que as pessoas deveriam ser retiradas da área com seus pertences, mas o governo do estado teria comprado um laudo do engenheiro denunciado por um valor astronômico que nem ouso dizer aqui, a fim de mandar as pessoas para a morte.
Wagner Leite
* * *
Senador Wellington Dias agora é réu em ação penal que tramita no Supremo Tribunal Federal

Wellington é réu em ação penal por crimes contra a vida decorrentes do estouro da Barragem de Algodões I, ocorrida em maio de 2009. Ação Penal n° 866 foi ajuizada na segunda-feira (6).

GIL SOBREIRA, DO GP1

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, acolheu manifestação da Procuradoria Geral da República e determinou a reautuação do inquérito n° 3363 em que é investigado o senador Wellington Dias (PT) por crimes contra a vida decorrentes do estouro da Barragem de Algodões I, ocorrida em maio de 2009. O processo passou a tramitar, desde 06 de janeiro de 2014, como Ação Penal n° 866 e o senador agora é réu e vai a julgamento.

Senador Wellington Dias
Na mesma ação também passam a figurar como réus a ex-presidente da Emgerpi, Lucile de Souza Moura e o engenheiro Luiz Hernani de Carvalho. 

O processo com 578 páginas é de autoria da Procuradoria Geral de Justiça do Piauí e é oriundo da Comarca de Cocal.

Outro lado

O GP1 vem tentado entrar em contato com o senador Wellington Dias desde a última quarta-feira (8), através do seu telefone celular, mas sem sucesso. Na quinta-feira (9), o telefone do senador foi atendido por um assessor, que informou que repassaria para o senador os nossos telefones de contato. Na sexta-feira (10), tentamos novamente entrar em contato com o senador e mais uma vez seu telefone foi atendido por um assessor identificado como Álvaro, que informou que o senador retornaria a ligação, o que não aconteceu. Até o fechamento desta matéria, o senador Wellington Dias não foi localizado para comentar a denúncia.


Fonte: www.gp1.com.br