quinta-feira, 31 de outubro de 2013

CRIMINOSOS CADA VEZ MAIS OUSADOS EXECUTAM PLANO FRUSTADO DE FUGA DE TRAFICANTES

Tiroteio fechou o cruzmento em Bangu (Reprodução / GloboNews)
 
Criminosos tentavam libertar presos que prestavam depoimento, diz PM

Uma criança e um policial militar morreram durante um tiroteio iniciado dentro do fórum de Bangu, na Zona Oeste do Rio, no fim da tarde desta quinta-feira (31), após uma tentativa frustrada de libertar dois criminosos que prestavam depoimento no local. Outro PM e uma mulher foram baleados e estão hospitalizados.
 
Segundo o Corpo de Bombeiros, o morto é um menino de 8 anos, identificado como Caio, que jogava futebol na escolinha do Bangu e vestia o uniforme do clube quando foi atingido por um disparo.
 
Pelo menos quatro criminosos queriam libertar Alexandre Bandeira de Melo, o “Piolho”, de 40 anos, apontado como chefe do tráfico do Morro do Dezoito, e Vanderlan Ramos da Silva, o "Chocolate", 30 anos, também líder do tráfico, de favelas de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Piolho foi preso em 2012 em Jacarepaguá, na Zona Oeste. Segundo a polícia, havia seis mandados de prisão pelos crimes de homicídio, tráfico, associação para o tráfico, roubo e formação de quadrilha.
 
O juiz responsável pela comarca da 1ª Vara Criminal de Bangu, Alexandre Abrahão Dias, disse que a audiência na qual "Piolho" era testemunha havia muitos policiais, que não são obrigados a tirarem suas armas durante os depoimentos. Ao chegarem atirando para libertar o criminoso, eles foram surpreendidos e fugiram. Muitos tiros foram disparados durante a fuga dos bandidos, que não foram localizados até as 20h30. A polícia reforçou o patrulhamento por tempo indeterminado e faz varreduras na áera para tentar achar os criminosos.
 
Uma testemunha que não quis se identificar disse que estava no sinal, na esquina da Rua 12 de Fevereiro, onde fica o fórum. "Eu era o primeiro carro quando vi quatro homens fechando a rua com fuzis e pistolas. Eles falavam para as pessoas ficarem tranquilas. Aí avistaram a viatura no trânsito e começaram atirar. Na porta do fórum, tinha mais uns oito a dez homens todos de preto. Só um estava com o rosto descoberto. Eu me abaixei junto com a minha cunhada no carro e fiquei esperando eles pararem de atirar. Meu carro recebeu muito tiro e está todo estourado", contou.
 
De acordo com a PM, os criminosos estavam fortemente armados com fuzis, divididos em pelo menos dois carros. Policiais que patrulhavam o fórum enfrentaram os traficantes, que revidaram com tiros. O comércio foi fechado após o tiroteio.
 
O 14º BPM afirmou que não foi informado pelo TJ de que haveria o depoimento desse traficante, por isso o policiamento não foi reforçado.
 
Fonte: http://g1.globo.com/