terça-feira, 23 de julho de 2013

MANDADO DE PRISÃO CUMPRIDO NA CIDADE DE ZE DOCA

Por determinação do Delegado Regional da cidade de Zé Doca, Jader Alves, os policiais civis SIZINO MUNIZ, MEX e ELSON, diligenciaram até o povoado conquista distante 80km da sede com desiderato de cumprir mandado de prisão em desfavor do indivíduo MAURIVAN SOARES AZEVEDO, vulgo “NA MODA”, em virtude de acusação de participação em crime de latrocínio ocorrido na manhã de segunda-feira, 05/11/12, em desfavor da empresária Maria da Natividade Pereira de 57 anos, conhecida como Dona Caçula. 

A vitima, que era  proprietária de um hotel em Zé Doca, teria sido sequestrada e tortura na cidade de Zé Doca por dois elementos que teriam se hospedado no hotel antes de cometer o crime na noite de sábado, 03/11/12. empresária e um vigilante do hotel foram surpreendidos pelos criminosos armados com pistolas que queriam a quantia de R$ 300 mil da venda de uma casa de sua propriedade.  

A empresária foi espancada antes de ser jogada em um carro juntamente com o vigilante e levada pelos elementos pela BR 316 sentido Belém do Pará. O vigilante foi liberado poucas horas depois, já a empresária foi torturada e alvejada com mais de quatro tiros. O corpo da empresária foi jogado as margens da BR, onde foi socorrida e levada para um Hospital em Santa Luzia do Paruá. Depois dos primeiros socorros ela foi transferida para um hospital em São Luis onde não resistiu aos ferimentos e morreu, se consumando assim o crime de latrocínio na forma consumada. 

Diligencia cumprida com sucesso, o acusado foi preso e encontra-se a disposição da justiça. 

Enviado por Sizino Muniz.