sábado, 8 de junho de 2013

Governador da Bahia financia museu para terrorista e estatiza Daniela Mercury

Parece até brincadeira de mau gosto, mas é mesmo verdade de mau gosto. O governador da Bahia, Jaques Wagner resolveu financiar com dinheiro público, é claro, um museu para um dos maiores terroristas que o Brasil já teve, Carlos Marighlla, e achando pouco o desperdício do dinheiro público também resolveu estatizar a "pobre" Daniela Mercury, a antropófaga, para participar de uma passeata pela causa homossexual em São Paulo pagando-lhe R$120.000,00 que poderiam muito bem ser usados para construção de uma casa abrigo aqui mesmo em Bacabal para acolher mulheres vítimas de violência doméstica, já que esta pobre cidade até hoje não fez nada por isso, ou quem sabe mesmo uma casa abrigo em qualquer pobre cidade da Bahia onde as mulheres também sofrem por falta de políticas públicas sérias. Você pode consultar diretamente na fonte os absurdos clicando AQUI. Leiam e vejam como sobra dinheiro público para tudo que não presta, inclusive, a destruição da família, e ao mesmo tempo observem que nunca tem dinheiro público para investir na segurança pública, na saúde, na educação e em nada de que o povo realmente precise, inclusive, melhores salários para os policiais civis que trabalham como gigantes, onde um policial costuma trabalhar por três ou quatro.
Wagner Leite