sábado, 22 de junho de 2013

Foi tirar certidão de bons antecedentes e acabou preso


O jardineiro Lucivan de Jesus Sousa, 22 anos, morador da Rua São Raimundo, povoado Olho D’Água dos Martins, município de Imperatriz, foi preso no fim da tarde dessa sexta-feira (21) em cumprimento a um mandado de prisão em seu desfavor.

Segundo informações da Polícia Militar, que o conduziu até a Delegacia Regional, Lucivan de Jesus Sousa foi tirar uma certidão de bons antecedentes para um emprego e acabou sendo preso ao ser descoberto que tinha um mandado de prisão em aberto.

O mandado de prisão foi decretado pelo juiz titular da 4ª Vara Criminal, Weliton Carvalho. Lucivan é acusado de roubo qualificado (assalto a mão armada, tipificado no artigo 157 do Código Penal). Inclusive, Lucivan já está com sentença condenatória definida. Ele foi condenado a 4 anos e 8 meses de prisão em regime semiaberto, ou seja, passa o dia trabalhando e tem de dormir no albergue. O mandado de prisão em desfavor de Lucivan, cumprido ontem, tem validade até o dia 17 de abril de 2024.

Normalmente nesses casos, o acusado é preso e depois de algum tempo é colocado em liberdade provisória e não acompanha o trâmite do processo. É julgado à revelia, a prisão é decretada - como nesse caso, até sentença condenatória - e o juiz manda recolher a pessoa.

Fonte: www.progressonet.com