terça-feira, 4 de junho de 2013

ESPERANDO A CPI ...


Conforme matéria constante aqui mesmo no blog há algumas semanas, a CPI da Mulher recentemente esteve na cidade de Imperatriz e constatou insuficiência de policiais para o atendimento na Delegacia da Mulher já que a mesma conta com 2 DELEGADAS, 2 ESCRIVÃES E 4 INVESTIGADORES, quando, na verdade, o ideal deveria seria ser 3 DELEGADAS, 6 INVESTIGADORES E 3 ESCRIVÃES.
Pois bem, acerca desse quantitativo desde logo esclareço que a Delegacia da Mulher de Bacabal passa pela mesma dificuldade há tempos, se configurando nossa realidade de imensa demanda e recurso humano ínfimo.
A delegada Ironeide Elvira de Melo (que já se mostrou guerreira) que o diga! Hoje foi um daqueles dias de muitos atendimentos. Chegamos as 09:00 e só fomos almoçar as 14:00, retornaremos as 16:00 e a hora de sair só DEUS sabe... Os crimes vão desde ameaças a assassinatos. E ainda que um Boletim de ocorrência não gere obrigatoriamente um Inquérito Policial há que se observar que o mesmo pode gerar várias oitivas e diligências.  
Ademais, a Delegacia da Mulher não atende somente casos de violência doméstica, mas em regra termina abarcando situações em que crianças e adolescentes além de vitimas podem ser também autores de atos infracionais, isso quando também não fica responsável por realização de procedimentos envolvendo idoso e crimes ocorridos em outras cidades que não dispõe de autoridade policial, como é caso da DEM de Bacabal que é responsável pelos procedimentos policiais originários da cidade de Lago Verde/Ma.
Composta de apenas UMA DELEGADA, UMA ESCRIVÃ E TRÊS INVESTIGADORES  a equipe segue na realização de seus trabalhos fazendo da fraqueza a força. Ou nosso tempo tem encurtado ou a equipe é ínfima mesmo!

Só pra que todo mundo entenda direitinho como isso funciona vamos lá:

  • Delegacia com grande demanda de ocorrências criminais: crimes de difamação, injúria, calúnia, lesões corporais em sua maioria, crimes de estupro envolvendo crianças, jovens e adultos do sexo feminino e masculino, além de crimes constando como autores crianças e adolescentes e idosos, aos quilos procurando atendimento porque são diariamente lesados através de empréstimos fraudados e outras ações criminosas.  
  • Aqui em Bacabal os idosos tem sido ignorados em virtude da ausência de estrutura para a investigação desses crimes. COMO NÃO TEMOS DELEGACIA DO IDOSO os crimes que não passam sem a devida diligência, em regra, são aqueles que atentam contra a integridade física da vitima.
  • Assim, a DEM aqui sempre integrou além das suas atividades, aquelas também pertinentes a DAI (Delegacia Adolescente Infrator); DI (Delegacia do Idoso); DPCA(Delegacia da criança e adolescente vitima) e  todos os demais casos da cidade de Lago Verde-Ma. *Apenas acerca de uma semana os procedimentos referentes a menores infratores passou a ser atribuição do 2ºDP.
  • E dando continuidade a árdua missão do pequeno grupo a delegada deveria, em virtude das suas atribuições funcionais, realizar as oitivas das vitimas e autores, presidir os flagrantes e ainda concluir os procedimentos, quando transformados em inquéritos policiais através de relatório final. Aí é que está....Sabe quando na Delegacia da Mulher de Bacabal em efetivo exercício isso acontece com apenas UMA DELEGADA E UMA ESCRIVÃ, sem que haja o tão ESQUECIDO desvio de função? NUNCA!  A DELEGADA SÓ É UMA. OU TOCA O SINO OU ACOMPANHA A PROCISSÃO.
  •  Então, por isso, é comum as oitivas feitas também ou unicamente pelo escrivão. TUDO PARA A MAQUINA FUNCIONAR! Alguma novidade??! Ou isso ou um bocado de procedimentos parados ou nem mesmo iniciados sob as mais variadas justificativas. E haja justificativa!!!
  • Mas, continuemos. São flagrantes, medidas protetivas, inquéritos, boletins de ocorrências circunstanciados, termos circunstanciais de ocorrências e muitas, muitas, diligências e oitivas que às vezes precisamos fazê-las na região dos povoados, o que demanda tempo maior. 
  • Agora, distribui todas essas tarefas em um dia de trabalho que se inicia, em regra às 09:00h porque também em regra não se tem hora para terminar. Imaginou?! Isso mesmo, o dia sempre terminará com mais procedimentos iniciados que concluídos, sim, porque se se vai ouvindo, ouvindo, e ouvindo, e não se vai se concluindo.... !!!!
  • Minha gente, se a delegacia é para prestar serviço de segurança pública para o povo, precisa dispor de recurso humano para fazer esse atendimento, não pode e não deve mascarar a situação de precariedade que a gente vive quando o assunto é contingente ínfimo de policiais.
  • E pode parar se já começou a achar que estou de conversa fiada ou enfeitando o verbo, pois isso certamente só demonstra que você nunca precisou de policia e se precisou, não teve a infelicidade de não ser bem atendido, ou nem mesmo atendido(a). REALIDADE DO BRASIL!

CONCLUINDO: 

BACABAL precisa urgentemente ter a equipe da DELEGACIA DA MULHER ampliada: no mínimo DUAS DELEGADAS, TRÊS ESCRIVÃES E SEIS INVESTIGADORES – Não foi isso que a CPI CONSTATOU como necessário?! 

BACABAL precisa urgentemente de delegado para o 1ºDP que está sem titular há vários meses (E NADA!). BACABAL precisa urgentemente de uma delegacia de entorpecentes. A cidade respira droga! 

Pessoal, tá tudo aí, na cara!!! Que venha a CPI, porque aberta e funcionando a delegacia da mulher já está! Agora é melhorar suas condições de trabalho!