quinta-feira, 6 de junho de 2013

Apreensão de armas ilegais passa a render gratificação a agentes no Distrito Federal

Policiais militares e civis, bombeiros, agentes de trânsito, penitenciários e técnicos de trânsito rodoviário do Detran receberão a bonificação, a partir desta quinta

Entra em vigor nesta quinta-feira (6/6) a lei de gratificação em dinheiro pela apreensão de armas de fogo ilegais no Distrito Federal por agentes do Estado - policiais militares e civis, bombeiros, agentes de trânsito, penitenciários e técnicos rodoviário do Departamento de Estradas de Rodagem (Detran).

Segundo o secretário de Segurança Pública do DF, Sandro Avelar, o objetivo é retirar o maior número possível de armas de circulação. "Os criminosos não vão se sentir à vontade ao andar com armas porque sabem que a qualquer momento estarão sendo abordado pela polícia" afirmou o secretário. 

A bonificação será paga aos agentes que comparecerem à delegacia imediatamente após a apreensão do armamento. Os valores variam entre R$ 400 e R$1,2 mil dependendo do tipo de arma. Policiais civis e militares serão bonificados, ainda que estejam de folga, e os valores serão pagos individualmente se a apreensão for realizada por um único agente ou divididos em parte iguais entre os que participaram da operação.