quarta-feira, 29 de maio de 2013

Vice-presidente do Sinpolpi processará o Delegado-Geral

Policiais civis fizeram neste dia 29 de maio um trabalho de conscientização da população da capital do vizinho estado do Piauí onde com fachas e panfletagem no cruzamento das duas principais avenidas de Teresina mostraram a população seus direitos enquanto vítimas de qualquer tipo de crime. Afirmaram que toda pessoa vítima de crime tem direito de ser atendida por delegado de policia, o qual tem a obrigação de tipificar a conduta criminosa, isto é, dizer exatamente que tipo de crime o cidadão foi vítima e em ato contínuo diligenciar para esclarecer os fatos, requisitar todo tipo de perícia, apreender objetos relacionados com o crime e lavrar o próprio flagrante ditando para escrivão o que deve ser escrito. Não se admite mais hoje dentro desta nova filosofia de trabalho a figura do delegado meramente chancelador de um trabalho do qual não participou. Queremos trabalhar e prestar um bom serviço a sociedade, mas a estrutura capenga da polícia não tem permitido. Por último, por conta da nova filosofia policia legal o delegado geral tem editado todo tipo de portaria abusiva afastando-se sempre da lei para perseguir os que só quer seguir a lei. A matéria a seguir foi publicada no dia 29 de maio no portal gp1. Leiam e tirem suas conclusões, pois queremos queremos uma policia civil que trabalhe dentre da lei e não à margem com a figura de um chancelador ditador e usurpador de um trabalho que não fez.
Wagner Nunes Leite


* * *


Vice-presidente do Sinpolpi irá entrar com ação judicial contra o Delegado-Geral James Guerra

O sindicato realizou uma panfletagem no Centro de Teresina nesta quarta-feira reivindicando melhorias para a Polícia Civil

Policiais Civis articulados com o sindicato da categoria estiveram no cruzamento das Avenidas Frei Serafim com Miguel Rosa, centro de Teresina para uma panfletagem nesta quarta-feira (28).



Panfletagem realizada no canteiro da Avenida Frei Serafim

“O objetivo é conscientizar a sociedade dos seus direitos, tem gente que chega na delegacia e não sabe com quem falar, apenas registra Boletim de Ocorrência e vai embora”, explica o vice-presidente do Sinpolpi, Wagner Nunes Leite, que há 25 anos presta serviços à segurança do Estado.

Leite conta que os delegados normalmente não atendem as vítimas que procuram os DPs da cidade. “É dever do delegado atender a vítima, buscar uma solução para o caso e, se for necessário, pedir uma investigação”, conta.


Imagem: Valciãn Calixto/GP1Panfletagem no cruzamento da Avenida Frei Serafim com Miguel Rosa

Além da abordagem com a população, o Sinpolpi visa expor a situação com a qual convivem os policiais civis do Estado no ambiente de trabalho. “Usamos coletes com prazo de validade vencido, as viaturas não possuem placas, você pode ir agora mesmo ao 2º Distrito para confirmar e Teresina não possui uma delegacia com banheiro feminino”, informou o agente Nunes. Neste mesmo momento, uma policial presente na manifestação contou que após a reforma na Delegacia de Entorpecentes, o espaço passou a contar com o mictório para mulheres.

Abismo Salarial
A diferença salarial entre o rendimento do delegado e o do agente e demais cargos é chamada de ’abismo salarial’ pela categoria. “A defasagem entre os dois proventos é de 300%, com isso, o que o delegado paga de imposto chega a ser mais do que a quantia que recebe o agente de polícia no final do mês”, revelou o presidente do sindicato, Cristiano Ribeiro.


Imagem: Valciãn Calixto/GP1Presidente do SInpolpi, Cristiano Ribeiro

“Nossa luta é para que o policial alcance 60% do salário do delegado no final da carreira e para que daqui a dois anos, o Estado possa reduzir essa diferença”, disse.

Retaliações
Apesar de a polícia civil não estar em greve e reivindicar seus direitos com o Movimento Polícia Legal, Wagner Leite conta que muitos policiais têm sofrido retaliação. “Ermenegildo Ribeiro, Wagner Leite, Ferrer e Constantino são alguns policiais retaliados pelo Delegado-Geral, James Guerra, que às vezes tira um agente do plantão e o coloca em uma investigação, ou então transfere um policial de uma delegacia para outra”, fala.

De acordo com Leite, os atos do delegado-geral tem por finalidade inviabilizar as manifestações do sindicato. “Pois um policial em uma investigação tem menos tempo livre, além disso, eu que sou chefe do plantão, se me botam na investigação, perco cerca de R$1300 da minha renda, pois no plantão tem adicional noturno e adicional de chefia”, esclarece.

Para o vice-presidente do sindicato, o ato de James Guerra se configura como abuso de poder. “O delegado-geral não tem direito sobre a portaria da delegacia, ou seja, não pode tirar um policial de uma função e colocá-lo em outra passando por cima do delegado responsável pelo DP, com isso estamos preparando algumas medidas judiciais para a próxima semana, acionaremos o Tribunal de Justiça”, afirmou.

Concurso
Também presente na panfletagem, um jovem de 26 anos -que achou por bem não se identificar-, classificado no concurso de 2012. O rapaz informou que dos 400 aprovados no concurso, apenas 80 foram chamados para a Acadepol. “É dinheiro que está sendo desperdiçado, pois a academia tem capacidade para atender 250 pessoas e o próprio vice-presidente do sindicato de polícia civil disse que o Estado todo necessita de mais de mil policiais”, expôs.

O movimento Polícia Legal, segundo o sindicato, vai continuar. Duas panfletagens já haviam sido realizadas na Avenida Cajuína, anteriormente. 

Fonte: gp1.com.br

terça-feira, 28 de maio de 2013

PORTAL DA TRANSPARÊNCIA



PAINEL


Repasses do Governo Federal para o município de Bacabal em março de 2013:

R$ 3.322.399,51

Repasses do Governo Federal para o município de Bacabal acumulado em 2013:

R$ 13.652.808,24


Recursos Pagos Direto ao Cidadão Bolsa Família -------------------------------------------- R$2.145.922,00

Recursos Recebidos por Área

Encargos Especiais ------------------------------------R$11.259.371,61

Assistência Social ---------------------------------------R$2.145.922,00

Educação -------------=------------------------------------R$247.514,63


Investigador de Polícia Civil é preso por quebra de sigilo

"O investigador de Polícia Civil, Rivelino Evangelista Dias, foi preso na manhã desta terça-feira(28) em Imperatriz/Ma 

Ele trabalhava em Davinópolis, a 9 km, mas estava à disposição do 5º Distrito Policial, na Vila Lobão. 

Segundo o delegado regional Assis Ramos, ele é suspeito de prestar informações restritas à polícia, o que teria facilitando a fuga de uma pessoa que foi indiciada por homicídio, no município de Senador La Roque, a 25 km de Imperatriz.

“Eu fiquei sabendo pela mãe do suspeito de cometer o homicídio, em Senador La Roque, que o Dias tinha uma relação de amizade com o filho dela. Nós já desconfiávamos da atitude do policial. Por interceptação telefônica foi constatado que ele informou sobre um mandado de prisão expedido em nome do suspeito e, por consequência, nós não conseguimos prendê-lo. 

Isso é inaceitável, um policial que deveria estar colaborando com as investigações, estava dificultando o trabalho da polícia. Ele vai responder por quebra de sigilo funcional”.

Ainda segundo o delegado, foi pedida a prisão temporária de Rivelino, mas a justiça decretou a prisão preventiva para apurar melhor os fatos. O investigador está preso no quartel do 3º Batalhão de Polícia Militar, onde deve permanecer até que se concluam as investigações."

Eu sempre lamento fatos desse tipo. Policiais agindo contrário à lei e em desfavor daqueles a quem deve de fato servir. Mas, que os fatos sejam devidamente apurados, afinal, devemos ser responsáveis e pagar pelas nossas escolhas, ainda que ela nos custe muito caro. Eu confesso, tenho medo de policia que me pelo.  Polícia atrás de mim, Deus me livre!!! Delegacia só para trabalhar...  

Quanto a essa quebra de sigilo, tai uma coisa que sempre me incomodou. Um trabalho danado para às vezes dá em coisa nenhuma, isso sem contar no crime que não se apura, impunidade que a situação gera e o descrédito para a Instituição Policial. E que descrédito...Sim porque todos ficam sob suspeita. Tudo em virtude unicamente de interesses pessoais. Por isso sempre defendi que assuntos policiais é para a polícia, vazou a informação que se apure e puna!   

Moralizar nossa polícia é o primeiro passo para valorizá-la! 

JUSTIÇA LIVRA "FABIO CAPITA" DA PRISÃO


O capitão da Polícia Militar do Maranhão, Fábio Aurélio Saraiva Silva, mais conhecido como Fábio Capita, acusado de ter fornecido a arma para a execução do jornalista Décio Sá, acaba de conseguir Habeas Corpus junto ao Tribunal de Justiça do Piauí. A decisão ainda não chegou a Secretaria de Segurança do Maranhão, mas assim que chegar ele será posto em liberdade. No dia 08 de abril, no Tribunal de Justiça do Maranhão, o desembargador Froz Sobrinho concedeu liminar em Habeas Corpus em favor de Fábio Capita, mas como o militar também tinha prisão decretada no Piauí (reveja aqui), pois está sendo acusado de participar da morte do empresário Fábio Brasil, permaneceu preso. No entanto, com a decisão da corte piauiense ele será posto em liberdade após prisão de aproximadamente oito meses.

Fábio Capita é o primeiro dos acusados da execução de Décio Sá 
a conseguir sua liberdade.

"Liberdade, liberdade! 
Abra as asas sobre nós 
E que a voz da igualdade 
Seja sempre a nossa voz "

ACONTECENDO NO MOMENTO .... MOTIM DE PRESO, AGORA NO PIAUI.



A penitenciária Major César Oliveira, na BR-343, é palco de nova rebelião em menos de 24h. Presos Realizam motim, chegando a ocupar o setor administrativo do presídio. O local abriga mais de 230 detentos em regime semiaberto. Os presos invadiram o setor administrativo, tentaram fazer agentes de reféns, mas houve reação e os funcionários fugiram para o hospital penitenciário. O clima é tenso. A Polícia foi acionada e já está nos pavilhões tentando conter a rebelião. Os presos recuaram do setor administrativo e promoveram quebra-quebra no refeitório. Os detentos chegaram a saquear os alimentos dos depósitos. O motim teve início quando um preso identificado como “Gilmar” tentou sair do presídio para disfarçar uma fuga em massa. Houve tiros para o alto para tentar intimidar os rebelados. Os agentes penitenciários de São Raimundo Nonato que estavam na Casa de Custódia para treinamento auxiliaram no impedimento da fuga.
SEM PRETENSÃO NENHUMA DE RESSOCIALIZAÇÃO
O SISTEMA PENITENCIÁRIO BRASILEIRO ESTÁ FALIDO.

Fonte: http://www.cidadeverde.com

segunda-feira, 27 de maio de 2013

ESTADO DO PIAUI LANÇARÁ EDITAL PARA CONCURSO DA POLICIA MILITAR EM JUNHO

O edital do concurso da Polícia Militar do Estado do Piauí (PM-PI) já está sendo finalizado e até o final do mês de junho deve ser lançado oficialmente, segundo a Assessoria de Imprensa do Governo. Ao todo, serão ofertadas 430 vagas, sendo 400 para o cargo de soldado e 30 para oficial. A banca organizadora do certame é o Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe).

Os interessados em ingressar na carreira policial militar devem enfrentar seis etapas até a nomeação, sendo que a última fase é o curso de formação. “As primeiras etapas devem ser feitas até o final do ano para que, em janeiro de 2014, já inicie o curso de formação”, pontua Gerardo Rebelo.

Para o cargo de soldado é exigida a conclusão do Ensino Médio, por outro lado, para concorrer uma vaga de oficial da PM é preciso ser bacharel em Direito. 

Os salários iniciais são de R$ 2.100,00 e R$ 3.000,00, respectivamente.


Dizer mais o que?!


VITIMAS DO DESCASO

Só agora, lendo o blog do Sergio Matias tomei conhecimento da morte da pequena NAIRA VITORIA ARAUJO SANTOS, 06 anos. De fato essas mortes parecem estar sendo anunciadas com antecipação, já que as denuncias não parecem ser tão recentes assim. Uma lástima essa situação que a gente vive. É a indignidade humana posta na sua forma mais escarada. No que depende do Estado estamos de fato órfãos. E no que tange a saúde pública, nem preciso dizer mais nada. Mortes, mortes e mortes.... omissões e nenhuma apuração do fato. Não me admira em nada que a morte de Patricia Oliveira seja esquecida como tantos casos sem que tenhamos nenhuma resposta. Não tem sido assim?! Enquanto isso nossa Presidenta quer importar médicos, como se a solução para o caos na saúde publica fosse falta de medico....OU VERGONHA!!!!

Quanto a esses prontuários médicos, encontra-los depois de uma situação como essas...ou coisa dificil.... E quando aparece, tempos depois já deu tempo acontecer de tudo, inclusive a família se confortar e passar a atribuir a DEUS tão grande perda..... Tempos difíceis esses nossos... VAMOS ESPERAR A MANIFESTAÇÃO DO MINISTÉRIO PUBLICO E A DEVIDA APURAÇÃO DO CASO PELA POLICIA, AFINAL A NOTITIA CRIMINIS JÁ FOI APRESENTADA COM O BOLETIM DE OCORRÊNCIA n° 3374/2013.  

E QUER SABER, VOU FAZER COMO SERGIO MATIAS, VOU ACOMPANHAR TAMBÉM.... GENTE QUERENDO SABER DAS DEVIDAS PROVIDENCIAS NUNCA É POUCO.... QUEM SABE ASSIM ELAS APARECEM ....

Blog do Sergio Matias.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO


Recomendo ler





domingo, 26 de maio de 2013

Policial paraense assassinado em Teresina

Luciano Bezerra Silva
Prestamos o nosso pesar a família e amigos do policial civil Luciano Bezerra Silva que teve a vida ceifada  por volta de 3 horas da madrugada deste domingo quando entrava em casa no bairro Saci em Teresina-PI. O combatente Luciano era policial civil do Pará e quase todas as semanas atravessava o Maranhão para ficar com sua família em Teresina. Até o momento a polícia civil do Piauí que está quase extinta pela ação vil dos últimos governos em que esteve sempre a frente o mesmo secretário de segurança de hoje ainda não tem pistas dos autores do fato. Lamentamos toda essa situação e sofremos com a tragédia que envolveu o jovem policial LUCIANO BEZERRA SILVA. 

sábado, 25 de maio de 2013

ALGUMA DÚVIDA !?


CPI inspeciona Delegacia da Mulher na cidade de Imperatriz

" A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga a violência contra mulheres no Estado do Maranhão (CPI da Mulher) cumpriu, na manhã dessa quinta-feira (23), mais uma etapa de sua agenda no município de Imperatriz. As deputadas visitaram a Delegacia da Mulher, a Vara da Mulher, a Casa de Passagem e, encerrando a manhã de visitas, o Instituto Médico Legal.

A presidente da CPI, deputada Francisca Primo (PT), disse que as visitas de ontem apenas confirmaram as denúncias levadas à comissão de que falta estrutura física e de pessoal para que a rede possa atender à grande demanda do município e da região.

Durante as visitas, a comissão comprovou que a Delegacia da Mulher, assim como o IML, apesar de terem uma boa estrutura física e organizacional, não é suficiente para atender à demanda. Na Delegacia da Mulher, o quantitativo de pessoal é inferior ao exigido. 

São duas delegadas, dois escrivães de polícia e quatro investigadores; bem abaixo do exigido para as delegacias especializadas, que são de três delegadas, seis escrivães e seis investigadores.

Segundo a deputada Eliziane Gama, a diferença parece pouca, mas não é, haja vista que a DEM de Imperatriz não atende apenas casos específicos de violência doméstica. Além dos casos específicos, a DEM atende ainda todos os casos de violência contra mulher e todos os casos de violência contra criança e adolescente do sexo feminino. Nesses casos, a deputada informou que a comissão vai encaminhar ao Governo do Estado uma solicitação pedindo a instalação de uma DPCA, Delegacia da Criança e do Adolescente.

A deputada Gardênia Castelo chamou a atenção para a necessidade urgente de o Estado realizar concurso público para área da segurança pública. Ela ressaltou que, por conta da falta de pessoal, apenas 30% dos casos de violência contra a mulher resultaram em inquérito, o que pra ela é uma dado grave, uma vez que o agressor fica impune.

Apesar das deficiências, as deputadas que integram a comissão reconheceram o empenho e o trabalho realizado pela delegacia da mulher. “Elas estão de parabéns, podemos perceber a dedicação com que todos aqui trabalham para tentar, dentro de suas limitações, oferecer um atendimento de qualidade e eficaz”, disse Francisca Primo."

VOU TER QUE COMENTAR, NÃO TEM JEITO  !!!!

BOATO ANTIGO!

Del. Assis Ramos
Rumo a Superintendência .... 

A delegada geral da Polícia Civil do Maranhão, Maria Cristina Resende, esteve em Imperatriz na última quinta-feira (23), onde acompanhou as audiências da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura a violência contra as mulheres no estado. 

Em conversa informal com a imprensa, Maria Cristina Resende, ao responder uma pergunta a respeito da permanência do delegado regional Assis Ramos em Imperatriz, informou que não existe possibilidade da transferência de Assis Ramos no momento. (SERÀ?)

Maria Cristina elogiou o trabalho que o delegado Assis Ramos vem realizando à frente da Delegacia Regional de Imperatriz e foi taxativa em afirmar que ele vai permanecer no cargo. “O delegado Assis Ramos vem realizando um excelente trabalho na regional de Imperatriz e não existe possibilidade de ele ser transferido no momento. Ele vai continuar fazendo o que for de melhor para a cidade, com o nosso apoio total”, disse. 

O caso foi levado à delegada geral, porque existem muitas especulações quanto à transferência de Assis Ramos da regional de Imperatriz. Mas a delegada geral colocou uma ducha de água fria naqueles que torcem para que Assis Ramos seja transferido da regional de Imperatriz. Ele tem todo o apoio das pessoas de bem de Imperatriz. “Sinto-me lisonjeado pela posição da delegada Maria Cristina e da população de Imperatriz. Isso faz com que a gente se sinta com mais ânimo para o trabalho. Gosto de Imperatriz e, enquanto for possível, quero estar aqui”, disse Assis Ramos. A delegada Maria Cristina prometeu ao delegado Assis Ramos o aumento do contingente de policiais para Imperatriz, que está defasada em número de delegados, investigadores e escrivães.

Fonte: http://www.oprogresso-ma.com.br/

NO MUNDO DOS HOMENS ...

A executiva Claudia Sender, 38, da TAM, engenheira química formada pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), tem MBA pela Harvard Business School, é a primeira mulher a assumir a presidência de uma companhia aérea no país. 

Claudia era vice-presidente da unidade de negocios domésticos da TAM Linhas Aéreas, e vai se dedicar integralmente às operações aéreas de passageiros no território brasileiro.  Antes da TAM, Claudia Sender foi vice-presidente de marketing da Whirlpool (das marcas Brastemp e Consul).

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Pobre país!!!


ESTILO DE VIDA QUE MATA


Eu não estou grávida, estou infeccionada. Isto mesmo!

Sexta-feira, 17.05.13, trabalhei o dia todo sentindo um imenso mal estar. Naquele momento nem eu saberia precisar o que de fato me incomodava, só sei dizer que deixei a delegacia por volta das 14:00h com uma quentinha na mão na intenção de almoçar durante a viagem de retorno para casa (Teresina). Não conseguia comer, mas insisti, achei que era por conta do cansaço e com aumento da sensação de mal estar tomei um remédio e adormeci o percurso inteiro deixando VALDEMIR JUNIOR, meu colega de trabalho, sem as tagarelices da viagem, pois só despertei na cidade de Timon, destino final da viagem.

Com o mal estar mais acentuado já cheguei em casa me reclamando do imenso incômodo e de inchaço que já sentia na região abdominal, tudo parecia ter estufado dentro de mim. Mas, mais uma vez achei que fosse por conta do cansaço e me decidi por dormir ignorando qualquer alimentação. 

Na manhã de sábado sensação de desconforto generalizada pelo corpo e pernas adormecidas. Café não consegui tomar. Liquido nenhum conseguia ingerir. Urinar não conseguia também. Bastante preocupada me programei para uma caminhada no período vespertino, pois imaginava que a atividade física pudesse ajudar no funcionamento no corpo. Na caminhada me senti pior ainda, pressão baixa, tontura e ânsia de vômito, gosto amargo na boca e HOSPITAL, não teve jeito! Na urgência nada podia ser feito, seria necessário exames clínicos para descobrir a causa do inchaço na região abdominal que só aumentava. 

No domingo a agonia que não era pequena continuava se intensificando, afinal, a sensação de mal estar sentida naquela manhã me fazia sentir como se a qualquer momento eu fosse estourar, igualzinha dona redonda, personagem da novela global Saramandaia. E assim, já se faziam quatro (04) dias sem comer, beber, xixi e cocô. Pensar o que, senão, VOU MORRER! 

Na madrugada de segunda-feira, 21.05.13, outro jeito não teve e precisei ser hospitalizada para exames médicos. Hora de checape geral. Até o momento tudo normal à exceção do sumário de urina que demonstrou uma infecção bacteriana urinária de alto risco, que segundo o médico originou a desfunção renal e foi provocada pelo estilo de vida que adotei no meu dia a dia: muitas horas de trabalho na mesma posição (sentada), quase nenhum liquido ingerido, poucas idas ao banheiro (ou nenhuma durante o dia), ausência de paradas intervalares obrigatórias entre horas continuas de trabalho, atividade física negligenciada, alimentação inadequada, poucas horas de sono e nível de estresse elevadíssimo. 

Outros exames ainda deverão ser feitos, mas no momento faço uso de antibióticos para cessar a infecção. Ainda não consigo ingerir alimentos sólidos, mas beber é o que faço a todo momento: a obrigação agora é irrigar os rins, beber muito, mas não o suficiente para afogar a consciência que devo ter de que os nossos gestores querem nos matar quando nos obrigam a trabalhar em um local que não dispõe de água e nem banheiro ignorando em absoluto nossas condições insalubres de trabalho. 

Há alguns dias o Secretário de Segurança Pública, Aloisio Mendes e Superintende de Policia do Interior, Jair Lima, estiveram na companhia de outras autoridades visitando as dependências das Delegacias da cidade de Bacabal/Ma, só não tiveram oportunidade de verificar o nojo que é alojamento dos policiais na Regional e dos plantonistas, no 1º DP, assim como os seus banheiros nojentos e fétidos que, ou usamos para adoecer ou não usamos para adoecer do mesmo jeito. 

Eu estou salva desses banheiros. Recentemente retornei minhas atividades na Delegacia da Mulher (Graças a Deus!), prédio muito melhor, banheiro também! ... Mas, já estava doente! 

Passar por toda essa agonia me exigiu alguma reflexão sobre como devo me comportar a partir de agora para ter uma vida mais saudável e não morrer antes de terminar de escrever minhas crônicas – sonho antigo! 

A agonia vivida me chamou atenção para outras escolhas e comportamentos que já vinha percebendo equivocados da minha parte, embora não tivesse decidido por abandoná-los. Insistência de gente imbecil que gosta de persistir no erro. 

Considerando que não morrer na segunda-feira foi um milagre, já que cheguei no hospital sem sentidos e me peguei momentos antes com Santa Teresinha, de quem sou devota, aproveito o momento para me redefinir na vida pessoal e profissional. Claro, espero melhoras! 

Ademais, como tudo na vida tem seu lado positivo e negativo, a doença me chegou em tempo de assembleias de policiais civis aqui no Piauí para se fazer cumprir a lei de uma vez por todas no que cinge a estrutura e funcionamento das atividades policiais, incluindo como ponto de pauta a questão salarial (!). 

A minha saída do Hospital na segunda-feira, por volta do meio dia, coincidiu com o horário da assembleia no Sinpolpi, e como me encontrava nas proximidades resolvi em nome da velha curiosidade, participar, já que continuava viva. 

Que sorte! Estava realmente precisando ouvir todas aqueles relatos, conhecer todas aquelas denúncias. Tudo providencial! Às vezes é necessário tomar conhecimento do óbvio. Serviu para eu me mancar e perceber muita coisa. 

De fato, o PIAUI e o MARANHÃO são vizinhos e bem parecidinhos. Que pena!!! 

No discurso acalorado do Presidente do Sinpolpi (CRISTIANO RIBEIRO), a informação de que policiais do Maranhão participaram aqui em Teresina de uma palestra proferida dias atrás pelo Presidente do Sindicato de Sergipe para falar sobre a implantação naquele Estado da Policia Legal. Certamente o pessoal da vizinha cidade de Timon/Ma. Muitos de fé e coragem! 

Do que ouvi gostei. E muito! O resultado apesar da opressão do governo e das retaliações do Delegado Geral, James Guerra, com transferências abusivas de policiais da cidade para o interior, retirada de chefias e gratificações e mais medidas tomadas ao arrepio da lei é que o movimento se fortalece. Está cada vez mais forte! Quanto ao Delegado Geral, diante de tantas denúncias.... sei não! 

Mesmo antes do final da assembleia, a todo momento entrega de chefias e gratificações... NEM TUDO SE VENDE, E NEM TODOS SE COMPRA COM DINHEIRO. Ademais, pelo que pude perceber já está é passando da hora da policia civil ser tirada do abismo a que foi empurrada. 

Chega de mazelas, de licitações fraudadas, improbidades administrativas, de corrupção, de hipocrisia, de opressão, de perseguição quando se deseja imprimir verdades não oficiais e que se contrapõem a interesses de uns e outros. Chega!!! 

A Instituição deve e precisa ser maior que essa m. toda que a gente engole em silêncio, ca-la-di-nho(a)..! 

Hoje, 23.05.13, mais entregas de cargos de escrivães ad hoc na cidade e no interior, além do fechamento da Central de Flagrantes na cidade de Picos/Pi que funcionava como cadeia pública maltratando presos e policiais em desvio de função. Tudo resultado do movimento! 

Vi como devemos fazer policia legal e como na intenção de fazermos a maquina funcionar a qualquer custo terminamos por corroborar com as ações de incompetência e inoperância dos nossos gestores fazendo tudo parecer bem no dia a dia, quando tudo está mesmo é muito mal. 

Além de cumprir a lei, a POLICIA LEGAL pode nos gerar como resultado uma polícia menos corrupta, melhor estruturada e com cada um dando conta de desenvolver o que lhe é atribuído pelo dever do cargo, sem desvios ou usurpações de funções públicas. 

Nada de escrivão e investigador fazendo papel de delegado, nada de terceirizados de arma em punho fazendo papel de policia, nada de delegados de policiais se comportando como meros chanceladores de procedimentos policiais enquanto curtem preguiça, arrogância, incompetência e inoperância, enquanto permanecemos sendo ignorado nos nossos mais básicos direitos. 

Minha colega escrivã recentemente removida para regional de Codó que o diga! – Desculpe-me, minha amiga, mas silenciar nunca adiantou.... não vai adiantar nunca! 

Valorização profissional para todos e fim dessa desproporção vergonhosa de salários entre escrivães/investigadores e delegados. (A que serve isso?! Por que continuar assim?!) 

Agora vou tomar de conta do meu quadrado. Aprendi a lição, caro escrivão (do Maranhão) RIBEIRO. 

Pensando me encontrar em leito de morte, prometi a JESUS CRISTO que se vivesse não mais me incomodaria com algumas pessoas/coisas que tem me adoecido nessa policia civil do Maranhão, se eu vou conseguir não sei, porque natureza e consciência são estados que dificilmente a gente esconde ou controla, mas promessa é dívida... 

De qualquer forma, deixo algumas pessoas em paz para que eu também assim me sinta. Mas uma coisa é certa, depois de ouvir tantos relatos de colegas do Piauí, conhecer a experiência de Sergipe e refletir a minha, POLICIA LEGAL, agora, ALÉM DE CUMPRIMENTO DA LEI, será para mim uma FILOSOFIA DE VIDA. 

Aos colegas escrivães digo: mesmo que a sua delegacia não tenha água, banheiro, e você viva todo tipo de situação de insalubridade que nós bem conhecemos – PRINCIPALMENTE NO INTERIOR – BEBA E MUITO! Pare e vá ao banheiro quantas vezes precisar e se na delegacia só tiver aquele banheiro fétido a nos oferecer outras doenças, usa aquele que tu dispõe ainda que fora da delegacia. Só quando se está morrendo ou se pensa que está é que a gente verifica que tudo mais pode esperar pra deixar a vida passar. 

Para completar ganhei ontem, 23.05.13, “LOBÃO MANIFESTO DO NADA NA TERRA DO NUNCA”... livro no qual o titulo já diz tudo.... 

NÃO MORRI, 
MAS MUITOS (PRE)CONCEITOS, 
PREOCUPAÇÕES TOLAS E MANIAS BESTAS MATEI EM MIM. 

SAÚDE PARA TODOS, POLICIA LEGAL TAMBÉM!!!



Márcia Gardênia Alves Pereira

Cai a máscara e filósofa do PT diz que odeia a classe média

Sabemos que às vezes não basta dizer que A ou B não prestam. Sabemos que muitos é necessário mesmo mostrar ou provar. Por isso trazemos o vídeo da filósofa do PT, Marilena Chauí, em que senta a vara na classe média e diz que nos odeia. Assistam vocês mesmos e sobrar um pouquinho de tempo clique AQUI e leia o que Reinaldo da Azevedo da Veja escreveu sobre a "intelectual" do partido dos traidores.
Wagner Leite


quinta-feira, 23 de maio de 2013

Policiais civis unidos pelo fim do abismo na polícia civil








Assembleia extraordinária do SINPOLPI recusa proposta indecorosa do governo e aprova encaminhamento do vice-presidente Wagner Leite

A assembleia extraordinária do SINPOLPI realizada na sede do sindicato recusou a proposta indecorosa do governo e aprovou os encaminhamentos do vice-presidente, Wagner Leite, que afirmou que nem mesmo o sindicato e o grupo do face chamado "pé de oiti", a diretoria executiva ou qualquer outro grupo não tem o poder de tomar qualquer decisão de interesse geral da categoria sem a autorização da assembleia geral extraordinária que é o órgão máximo dos policiais civis. A assembleia extraordinária aprovou também o percentual de 60% como limite mínimo entre a maior e a menor remuneração na policia civil. Naquela oportunidade, lembraram que o próximo passo é ajudar aos policiais civis do Maranhão a implantar a polícia legal, ainda que o SINPOL-MA permaneça omisso nesta questão. Lembraram ainda que em Sergipe a operação teve inicio com apenas 15 policiais e o Maranhão já tem um grande número de policiais ansiosos para trabalhar absolutamente dentro da lei e botar os delegados para trabalhar como delegados, escrivães como escrivães e investigadores como investigadores. Estamos à disposição para conversar com qualquer policial civil, independente de qualquer sindicato.
Wagner Leite




quarta-feira, 22 de maio de 2013

Policiais civis do Piauí adotaram a filosofia "policia legal" e estão botando os delegados para trabalhar

Os policiais civis do Piaui adotaram a filosofia "policia legal" e estão botando os delegados para trabalhar. Os policiais não aceitam mais delegados simplesmente chanceladores de inquéritos, fato que pode ser feito por qualquer incauto. A policia legal veio para adequar a polícia ao que diz a lei e com dois viés que se destacam: o primeiro, trata da legalidade propriamente dita, onde o delegado deve ocupar o seu papel no inquérito e não na televisão, inclusive, comparecer aos locais de crime e ditar para o escrivão o que entender o que ele deve escrever; os investigadores devem trabalha com ordem de missão; o segundo, trata das condições mínimas de trabalho, delegacias em condições de ser ocupadas, inclusive, com banheiros separados para homens, mulheres e pessoas do povo, coletes balísticos, viaturas emplacadas, extintores não vencidos, pneus em condições de uso e uma fixação de limite entre a maior e a menor remuneração que não pode ser inferior a 60%. O presidente do SINPOLSERGIPE esteve no Piauí a convite do SINPOLPI para proferir uma palestra onde estiveram presentes muitos policiais civis do Maranhão que provavelmente seguirão o Piauí e implantarão a policia legal. Ontem, dia 21 de maio, houve uma assembleia extraordinária da categoria em Teresina onde o vice-presidente não polpou palavras e disse o que muita gente estava precisando ouvir e conseguiu dissuadir alguns colegas que já se davam por vencidos. Prometeu para os próximos dias mais um bom combate apesar de retaliado e atacado em seu salário. Vejam o vídeo com o presidente do SINPOLSERGIPE e estejam atentos as nossas próximas postagens, se não formos censurados pela titular do blog, que de quando de vez mete-nos a tesouro por motivos que não estamos autorizados a dizer aqui, mas que os leitores desse espaço, sabem com certeza.
Wagner Nunes Leite
editor assistente




sábado, 18 de maio de 2013

Presidente do SINPOL Sergipe ministra palestra para policiais civis em Teresina/PI.



s_2.png
Antonio Moraes foi um dos responsáveis por implantar movimento similar ao "Polícia Legal".  Os policiais civis do Piauí estiveram reunidos na manhã de hoje (17) no auditório do Sebrae, no centro de Teresina onde participaram de uma palestra com o policial civil Antonio Moraes, responsável por implantar o movimento "Operação Padrão” em Sergipe. 
De acordo com Cristiano Ribeiro, presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Piauí – SINPOL Piauí, o evento surgiu a pedido dos próprios policiais que tinham interesse em conhecer um pouco mais sobre o movimento que já existe há 5 anos em Sergipe.
“A iniciação do movimento se deu no estado de Sergipe, então nós resolvemos fazer uma palestra trazendo o presidente do sindicato dos policiais civis de Sergipe para mostrar estratégias, experiências, e as dificuldades enfrentadas, que fizeram com que eles conseguissem os seus objetivos. O “Polícia Legal” é um movimento permanente na Polícia Civil, em todos os lugares onde foi implantado os policiais obtiveram êxito e aqui não vai ser diferente”, disse Cristiano.
s_3
s_4
De acordo com Antonio Moraes, presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Sergipe - SINPOL Sergipe, eles implantaram a "Operação Padrão" que tem o mesmo objetivo do “Polícia Legal” aqui em Teresina. "Viemos a convite já que o sindicato daqui vem batalhando uma luta que já travamos. O movimento não é greve já que não entendemos que a greve não é a ferramenta mais adequada para uma manifestação de categoria policial civil, declarou Antonio.
Antonio falou ainda sobre as características do movimento e os benefícios que irá trazer para a categoria e para a população. "A operação consiste em um policial civil fazer exatamente aquilo que a lei determina, para que a população perceba a importância do nosso trabalho. Ela vai trazer para o policial civil e para a população a consciência da importância dessa categoria. Precisamos valorizar a instituição e o servidor, para isso teremos que refundar a polícia e o alicerce é o salário, depois discutir carreira e organização interna", concluiu.
Fonte: www.sinpolpi.com.br.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

ASSINO EMBAIXO!

Governo pede a "deus árvore" paz e saude e esquece de pedir um pouco de vergonha


Alguns portais noticiaram que na reinauguração da potycabana, um parque de Teresina, em que a banda Parangolé fará um show, o governo haveria amarrado uma fita numa tal árvore dos desejos e que pedira por paz e saúde. Bem, eu não testemunhei o pedido, mas vi uma foto da autoridade amarrando uma fita em um ritual em que estaria pedindo a uma árvore paz e saúde. Confesso que não entendi nada e achei muito estranho um governo pedir algo que é de sua atribuição, principalmente, paz e saúde para uma árvore, mas pude perceber naquele momento que os piauienses estão em maus lençóis. O governo pedindo a uma árvore algo que é de sua atribuição, para mim é inusitado e aberração. Isso ratifica nossa tese mostrada em outros artigos que os últimos governos, incluindo o atual, estavam aos poucos acabando a Polícia Civil e por conseqüência a segurança pública, assim como já tinha feito com a saúde. Isso ratifica também a nossa tese de que o governo não acredita em Deus, o que já era bem óbvio, pois autor de tantas maldades contra os policiais civis e a sociedade não poderia mesmo está acompanhado de Deus. Apesar de tudo, eu sei que nunca é tarde para acreditar em Deus e fazer a coisa certa. Por isso, com a devida vênia, quero sugerir a autoridade descrente que volte ao “deus árvore”, retire a fita, dirija-se, logo após a um templo, fale diretamente com Deus e peça um pouquinho de vergonha, em vez de paz e de saude que são de sua obrigação cuidar, e se quiser pode até pedir também a paz e a saude que Deus é bem capaz de fazer o trabalho do governo. Aí aproveite também e em vez de desperdiçar o dinheiro público com a banda Parangolé, que bote a banda Papa Tudo formada por delegados para cantar um pouco e justificar os grandes salários de marajá, já que a eles cabe tudo, salvo trabalho. Talvez pelo menos assim ajudem a não desperdiçar o dinheiro público.
 
Fonte: www.pontoquentebrasil.com.br

Liberado(a) pra falar de mim


Ônibus cor--de-rosa


Um vereador curitibano propôs um Projeto de Lei, para que a cidade
implante ônibus cor-de-rosa, exclusivo para mulheres, para que não
sejam mais molestadas pelos homens. Não pensou nos casais, nem nos
filhos. Muito menos pensou no precedente, que acabaria criando
ônibus pretos para os negros, amarelos para os asiáticos, vermelho
e branco para os polacos, amarelos para os espanhóis, verde e
vermelho para os portugueses, com todasas cores do arco-íris
para os gays, vermelho e preto para os atleticanos e verde e
branco para os coxas – além de vans azuis, vermelhas e
brancas para os paranistas e de camburões para bandidos,
e  os políticos corruptos e incompetentes, entre outras
necessidades e cores. É a burrice elevada á enésima
potência, do nobre edil, que não pensa nas sérias
consequências de segregação do seu “brilhante”
projeto de lei. E assim caminha o Brasilzão!.
.
JJ
-
Não faz muito tempo, nos Estados Unidos, havia
transporte, banheiros e restaurantes, entre outras
coisas exclusivos para brancos e outros para negros.
O vereador curitibano não deve saber nada de História.


Fonte: http://www.blogdojj.com.br


A virtude da paciência é o que nos assegura a maior perfeição... - (São Francisco de Assis)

terça-feira, 14 de maio de 2013

DELEGACIA DA MULHER: DE PORTAS ABERTAS.

 

FINALMENTE, nossa delegacia voltou a funcionar. Em seu primeiro dia de atividades depois de longo período fechada a Del. Ironeide Elvira de Melo atendeu dezenas de mulheres vitimas de violência no seu devido local de atendimento.  DE PORTAS ABERTAS, agora é retomar a normalidade das atividades de combate a violência contra as mulheres da cidade de Bacabal.

O próximo passo é melhorar a estrutura do prédio com uma central de ar para a permanência e registro de ocorrência na própria delegacia, já que o mesmo continua centralizado delegacia do Primeiro Distrito. 

Reconhecendo a demanda de atividades no âmbito da violência doméstica, em vez de um, dois escrivães: Eu e Lilio, ADOREI !!!!
 SIMPLES ASSIM!

18 de maio : Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Há 13 anos, o dia 18 de maio é marcado pelo combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes no Brasil. A data instituída pela Lei Federal 9.970/00 é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro. 

Destacar a data para mobilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes deve fazer parte da nossa agenda na cidade de Bacabal. As autoriades devem se mobilizar nesse sentido. Estamos acompanhando o crescimento do crime de abuso contra crianças e adoleslescentes, entretanto politicas públicas no sentido de combater e amenizar essa realidade não condiz com a realidade da demanda. NEM MESMO UM ESPAÇO PARA ABRIGAR ESSAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES VITIMAS TEMOS NA CIDADE, e pelo que me consta o Conselho Tutelar desenvolve suas atividades com todo tipo de dificuldades. 

Ter um dia para chamar atenção de todos, autoridades e sociedade é importante. Mas, mais que ter um dia para pontuar o problema torna-se imperiosa a prática diária de ações planejadas, de politicas públicas. A violência sexual é grande e fechar os olhos não adianta em anda. 

Nossas crianças e adolescentes estão sendo cada vez mais vitimas desse tipo de crime. COMBATER É PRECISO.




O que BACABAL está fazendo pelas suas crianças e adolescentes?

Consumidora encontra rato morto em saco de feijão e denuncia



A consumidora Gilmara Chavier Duarte, de 37 anos, teve uma surpresa desagradável ao pegar um pacote de feijão para cozinhar. A consumidora do DF encontrou um rato morto dentro da embalagem do Feijão Aviva que ela comprou em um supermercado no Gama, região administrativa do DF. Segundo Gilmara, ela abriu o pacote dois dias após a compra.ra com marido e filhos, afirma que registrou denúncia na Divisa (Diretoria de Vigilância Sanitária do DF) do Gama. Na quinta-feira (09/05), ela levou o produto até a Divisa, que o recolheu para análise em laboratório.

Procurada, a Divisa informou que o resultado do exame deve sair em cinco dias e que só após o resultado será definido o tipo de autuação que o fornecedor do feijão irá receber.

O lote ao qual pertencia o pacote de feijão no qual o rato foi encontrado foi recolhido no supermercado pela Divisa. Gilmara diz que espera uma punição para a empresa responsável pelo produto. 

— Queremos apenas que a Vigilância Sanitária vá a essa empresa e tome as providências necessárias. Inconformada, a cliente ligou para a empresa e diz que, mesmo assim, o problema não foi resolvido, pois o dinheiro não foi devolvido. Gilmara e o marido, Vitor Hugo Siqueira, afirmam que não querem a troca do produto e que não vão insistir em resgatar o dinheiro. 

O proprietário da empresa Feijão Aviva, Fernando Luiz da Cunha, informou que recebeu o contato da cliente e sugeriu a troca do produto ou a devolução do dinheiro, mas que o marido dela, Vitor Hugo Siqueira, com quem ele conversou, não teria aceitado. 

— Falei com o dono do supermercado e com o marido da cliente para que eles fossem até a empresa trocar o produto. Informei que assumimos qualquer dano que tenha ocorrido com a família. O dono da empresa denuncia, no entanto, que foi vítima de tentativa de extorsão. Ele diz que Vitor Hugo chegou a pedir R$ 5.000 para não divulgar o caso na imprensa. 

— Falei com ele que não agimos desta forma e que eu poderia trocar o produto ou devolver o valor gasto, como manda o Código do Consumidor. Em um segundo momento, ele pediu R$ 3.000 para não divulgar o caso. Se havia o rato no pacote, assumimos a culpa e vamos ressarcir o cliente, mas não aceitamos esse tipo de posicionamento. 

Fonte: tabocasnoticias.blogspot.com.br

POLICIA LEGAL NO PIAUI GERA CAOS ...

Alguns delegados comportam-se como moleques de recado da Delegacia Geral
Alguns delegados estão comportam-se como moleques de recado da Delegacia Geral assediando moralmente os policiais civis, salvo melhor juízo até mesmo constrangendo ilegalmente. Os delegados que nunca trabalharam dia de sábado, o que continua se repetindo, entraram e saíram de suas delegacias apenas para dar um recado, segundo eles, da delegacia geral e preecher um relatório no tempo de 2 ou 3 minutos. Disseram que  não é para os agentes sairem da delegacia para o almoço e janta, pois recebem um grande tícket de R$96,00. Muitos policiais já conscientes de seus direitos informaram a tais autoridades que é direito de todo trabalhador um tempo para as refeições, inclusive, fora do local de trabalho. Importante ressaltar que os desidiosos que passaram nas delegacias não permaneceram para trabalhar conforme a lei, mas simplesmente para assediar e para constranger. Peço aos amigos que anotem a hora de entrada e de saida de cada delegado e se os mesmos trabalharam ou não durante o sábado e entreguem no sindicato uma cópia do relatório. Vamos tomar pessoalmente as providências que o caso requer, assim como devemos exigir que o sindicato ajuize as competentes ações para coibir a conduta vil e nociva praticada pelos delegados. Não temam a ordinária conduta de quem quer que seja. Somos policiais por vocação e não usamos a policia como trampolim para qualquer outro carreira como alguns frustrados delegados vem fazendo. Estamos sofrendo retaliação porque estamos tentando botar os preguiçosos para trabalhar já que ganham muito bem para não fazer nada e por último ainda receberam do governo dos ímprobos um aumento de 45% aumentando o abismo entre a classe de delegados e a de agentes. Estamos sofrendo retaliação porque estamos cumprindo a lei. Tenham em mente que ninguém fica eternamente por cima, eternamente no poder. Ditador ou não, ordinário ou não, perseguidor de trabalhadores ou não eles passam e uns passam mais feio do que outros. Esses também vão passar e não se esqueçam deles, pois aqui mesmo terão o seu galardão.

Fonte: pontoquentebrasil/wagnernunesleite

sábado, 11 de maio de 2013

MÃES MAIS QUE ESPECIAIS.... PARABÉNS!





JUVENTUDE SE ENCONTRA COM O PAPA

 A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) que acontecerá em julho de 2013 no Rio de Janeiro marcará a primeira grande viagem internacional do papa Francisco, o argentino que assumiu a Igreja após um conclave histórico e que desde então tem conquistado o carinho de fiéis e não fiéis pelo jeito simples de governar a instituição. 

Jovens de quase 200 nacionalidades estão entre os inscritos, incluindo peregrinos do principado de Mônaco e de Dubai. A primeira JMJ no Brasil terá a maior diversidade de países com representantes.

A programação oficial da JMJ inclui oração, pregação, shows com bandas católicas e os esperados momentos com o papa, como a via-sacra e a missa de encerramento. As principais atividades ocorrerão em palcos montados na praia de Copacabana, na zona Sul da capital carioca, e em fazendas particulares na região de Guaratiba, na zona Oeste

Viviane Rodrigues e Steli Ferreira:
 "Estaremos lá por um mesmo ideal, que é Cristo", 
Depois de acompanharem a JMJ em Madri, dois anos atrás, autoridades brasileiras – entre elas políticos e integrantes da cúpula da Igreja – perceberam a dimensão do evento.  têm percorrido milhares de municípios brasileiros como forma de promover o maior evento católico do mundo.

Números da Jornada no Brasil

De 23 a 28 de julho, no Rio de Janeiro

- 27 palcos

- 193 países enviarão representantes

- 900 bares e restaurantes estão credenciados no “kit peregrino”

- 85 mil voluntários inscritos

- 338 músicas inscritas

- 102 grupos de teatro e dança inscritos

- 38 exposições inscritas


Voluntariado para a Jornada

A América Latina é considerada hoje a força do catolicismo no mundo. Assim como a escolha de um papa latino-americano no último conclave, uma jornada no Rio de Janeiro também é percebida como sinal de que a cúpula da Igreja reconhece a importância do continente para a propagação da fé. Embora o número de católicos tenha diminuído consideravelmente nos últimos anos, o Brasil segue como referência de evangelização eficaz.


Confira as cidades que já receberam a jornada: Roma (1986), em caráter diocesano; Buenos Aires (1987); Santiago de Compostela (1989); Czestochowa (1991); Denver (1993); Manila (1995); Paris (1997); Roma (2000); Toronto (2002); Colônia (2005); Sidney (2008); e Madri (2011). 



Fonte: http://sites.correioweb.com.br