terça-feira, 5 de março de 2013

Assédio moral no interior das delegacias.


O presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (COBRAPOL), Jânio Bosco Gandra, e o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Polícia Civil do Estado do Pará (SINDPOL/PA), Rubens Lima Teixeira, apresentaram nesta sexta-feira, dia 1º de fevereiro, às 15h, ao delegado-geral da Polícia Civil do Estado do Pará, Rilmar Firmino de Sousa, uma série de denúncias feitas pelos policiais civis do Estado e apuradas pelas entidades sindicais.  Segundo Gandra, as denúncias vão desde desvio de função, a fraudes em provas apresentadas pela Corregedoria contra policiais civis, e também casos de assédio moral no interior das Delegacias de Polícia. “Essas denúncias serão entregues ao delegado-geral para que sejam tomadas as devidas providências. Queremos resolver a questão no âmbito administrativo para evitar um embate pior, pois do jeito que a situação está, se nada for feito, uma greve dos policiais civis em Belém será inevitável”, alerta Gandra.
Por aqui (policia judiciária do Maranhão) a gente vive esses mesmos problemas, ou piores, quem sabe?!. O que está sendo feito para amenizar tantos conflitos e desestimular a pratica de assedio moral no interior das nossas delegacias eu não sei, mas tenho uma sugestão: Que tal a Academia Integrada de Segurança Pública (AISP/MA) deixar de ignorar o problema do assédio moral e planejar um evento para tratar dessa questão? Um seminário, quem sabe? Pode ser interessante e gerar bons resultados, afinal se essa situação continuar sendo ignorada e os policiais se sentindo cada vez mais infelizes, desestimulados e adocecendo dia após dia, vai ser dificil de se ter uma policia com saúde e com produção efetiva de resultados com excelência. Melhor cuidar logo, porque do jeito que a situação anda se agravando, não sei nao.... O QUE TEM DE ESCRIVÃO SOFRENDO ASSÉDIO MORAL SEM TER CORAGEM DE DENUNCIAR, PIOR, ÁS VEZES SEM PERCEBER A VIOLÊNCIA SOFRIDA....
EMBORA COMPREENDA DIREITINHO, NUNCA ACEITEI, POR EXEMPLO, UM(A) DELEGADO(A) INSISTIR EM SUBSTITUIR ESCRIVÃO DE CARREIRA POR ESCRIVÃO AD HOC. QUE COISA!  E O PIOR É QUE VEM ACONTECENDO! POR QUE SERÁ ?!