sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Polícia Civil abre inquérito para apurar homicídio de PM em Capinzal do Norte

Investigadores da 14º Delegacia Regional em Pedreiras, com o apoio da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) e de policiais de Capinzal do Norte, deram início às diligências para identificar e prender os autores dos disparos que vitimaram o cabo da Policia Militar, FRANCISCO EPITÁCIO LIMA GOMES, 40 anos, lotado no 5º BPM em Barra do Corda.  Equipes da 10ª Companhia Independente de Pedreiras e do BPM, onde o PM era lotado, também integram as buscas aos suspeitos. O PM foi morto após ser identificado como policial durante uma tentativa de assalto a um ônibus da empresa Progresso que se deslocava de São Luís com destino à cidade de Imperatriz. Segundo informações policiais, cinco homens armados teriam interceptado o ônibus próximo ao povoado Santa Rosa, em Capinzal do Norte. Metade do bando entrou no veículo e anunciou o assalto, enquanto os outros dois assaltantes permaneceram do lado de fora em um veículo Gol dando cobertura ao restante do grupo. Durante a ação criminosa, foram subtraídos documentos e pertences dos passageiros. Segundo informações policiais, nesse momento, eles identificaram o policial e efetuaram um tiro. Em seguida, o PM reagiu atingindo um dos bandidos com um tiro, mas logo em seguida o policial foi alvejado com oito tiros. Após o crime, os acusados empreenderam fuga. Francisco Gomes ainda chegou a ser levado para o Hospital Geral de Peritoró (HGP), mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. 

 Fonte: http://imirante.globo.com/