terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Garotos do Pi são abusados por "olheiro" de futebol


Oito adolescentes, com idade entre 13 e 14 anos, do município de São Raimundo Nonato foram abusados sexualmente por um homem que prometia transformar meninos pobres em grandes craques de futebol. Os jovens foram levados para a cidade de Nossa Senhora da Glória, em Sergipe, e eram mantidos em alojamento de uma suposta escolinha de futebol.

De acordo com o delegado regional, Antônio Francisco de Oliveira, da Polícia Civil de Sergipe, os adolescentes chegaram a treinar no time, mas eram coagidos a manter relações sexuais com o acusado. "Era uma troca de favores sexuais. Ele favorecia quem se relacionava com ele. Um dos garotos chegou a manter relações com ele por R$ 45,00", informou o delegado.

Ao todo, 11 adolescentes moravam com o homem. Oito do Piauí, dois da Bahia e um do Pará. Segundo a delegada regional, Cíntia Vasconcelos, de São Raimundo Nonato, acrescentou que os adolescentes viajaram com autorização dos pais, que ainda tiveram que pagar R$ 200,00 ao suposto olheiro.

"Nos informaram que no caminho, ele pegou o dinheiro dos jovens. Para conseguir alimentação, eles eram obrigados a trocar favores sexuais", explica a delegada de São Raimundo Nonato. 

 Cíntia Vasconcelos disse ainda que os pais alugaram uma van e se deslocaram à Sergipe nesta terça-feira (22). "Os pais estão desesperados e decidiram ir eles mesmos até lá para encontrar os filhos", reitera.

O acusado foi detido no último domingo a noite, mas segundo o delegado Antônio Francisco, ele responderá o processo em liberdade pois não houve flagrante. Ele responderá por aliciamento de menores e pedofilia.
Fonte: http://www.cidadeverde.com/