quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

(...)

 Juíza visita a Delegacia Regional e a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz
 
Delegado regional Assis Ramos.
A juíza Ana Beatriz Jorge Maia realizou, nessa terça-feira (29), visita na Delegacia Regional de Imperatriz e na Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz, ex-CCPJ.  Segundo informações, a magistrada, que é titular da 2ª Vara Civil da Comarca de Imperatriz, mas atualmente respondendo pela Vara de Execuções Penais em função da titular, Janaína Araújo de Carvalho, estar de férias, recebeu denúncias de advogados dão conta de que os presos da Delegacia Regional, até ontem em número de 17, não estão com os seus direitos sendo cumpridos. Os detentos reclamaram para os seus advogados que não estão tendo banho de sol e principalmente visitas, como determinam as leis de execuções penais. O delegado Assis Ramos, questionado sobre o problema, se defendeu dizendo que, com poucos recursos humanos, não tem condições de cumprir o que determina a lei e, além disso, os agentes da Polícia Civil não têm treinamento específico para cuidarem de presos. Assis Ramos informou à magistrada que, com a transferência de presos feita para a UPRI, todos os agentes penitenciários foram retirados da Regional. “Estamos com 17 detentos, incluindo o sequestrador Sebastião Soares, um homem de alta periculosidade, e hoje pode ser que tenhamos muito mais e isso não é possível”, disse Assis Ramos. Depois da visita feita à Delegacia Regional, a magistrada também visitou a UPRI. A magistrada informou que vai fazer um relatório e enviar ao secretário de Segurança Pública do Estado do Maranhão, Aluísio Mendes, para que providências sejam tomadas. Não foi ventilada, pelo menos no momento, a ideia de uma interdição na Delegacia Regional, mesmo porque não está tendo superlotação. Mas, se providências não forem tomadas, isso poderá ocorrer em poucos dias. Durante toda a visita feita na Delegacia Regional, a magistrada Ana Beatriz esteve acompanhada pelo promotor Joaquim Júnior e pelo delegado regional Assis Ramos.

Fonte:  http://oprogressonet.com/noticiario