terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Após criticar mulheres no Twitter, delegado é destituído e se desculpa

Corregedoria vai analisar posts de Pedro Paulo Pontes durante o trabalho. 'Apenas uma [mulher] reúne talento para encarar a atividade policial', postou.


NO RIO DE JANEIRO - A chefe da Polícia Civil do Rio, Martha Rocha, destituiu do cargo o delegado Pedro Paulo Pontes Pinho, da 9ª DP (Catete), que postou críticas a mulheres em seu perfil no Twitter nesta segunda-feira (21). Substituído por Monique Vidal (titular da 12ª DP, de Copacabana), segundo a assessoria de imprensa da polícia, ele se explicou e pediu desculpas pela mesma rede social.

“Quem for a minha TL [time line] e conferir esses meus tweets vão verificar q estou falando de forma geral, sem distinção de sexo. Tá até no 'masculino'! Se mesmo assim, alguma mulher, especialmente policial, ficou ofendida, minhas sinceras e humildes desculpas”, ele diz. "27 anos de profissão, servindo a sociedade com honradez, e sou 'derrubado' p/ uma policial que falta ao serviço p/ ficar "gazeteando" no TT'.

Pinho, que se identifica no Twitter como “Polícia e Poesia - @Delegado_Pinho”, postou por volta de 15h da tarde no microblog algumas mensagens que faziam referência à capacidade de mulheres policiais e enaltecia um membro da corporação.

“Tenho 14 mulheres no meu efetivo, mas apenas uma, uma apenas, reúne talento, coragem e disposição para encarar a atividade policial”, dizia um dos posts que gerou polêmica.


* Não vou comentar o fato para não correr o risco da punição que sofreu o delegado carioca, por isso,  cala-te, boca !!!   


 Fonte: http://g1.globo.com/