sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Em Imperatriz, quadrilha de traficantes é desarticulada.

Policiais civis da Delegacia de Narcóticos, sob o comando do próprio delegado regional Assis Ramos, desarticulou nessa quinta-feira (13) uma quadrilha de traficantes de droga. Os policiais cumpriram mandados de busca e apreensão em dois locais em bairros distintos de Imperatriz e prenderam três pessoas.
No bairro Santa Rita, foram presos Rafael de Souza Belfort, 27 anos, e Francisca da Cruz Lima, 29 anos, marido e mulher. Rafael Belfort já tinha passagem pela polícia e cumpria pena domiciliar de uma condenação de 9 anos. A companheira dele, Francisca da Cruz Lima, era a encarregada de distribuir a droga para os revendedores.
Na casa de Belfort e Francisca, foram apreendidos 500 gramas de crack em tabletes e 500 gramas de maconha esfarinhada, além de R$ 200,00 em espécie, produto da venda de droga.

Droga via Sedex
A outra busca e apreensão foi feita pelos policiais em uma residência localizada no Parque Tocantins. Nesse local, foi presa a traficante Lucilene Bezerra Barbosa, 30 anos, e apreendidos 3 quilos de pasta-base de cocaína que haviam chegado através dos Correios, via Sedex, na residência (boca de fumo) onde Lucilene foi presa.

A droga, que veio da cidade de Cáceres, estado de Mato Grosso, vinha camuflada como se fosse uma cesta de Natal e em latas de gêneros alimentícios, misturada a pacotes de bolachas em uma caixa.
O delegado Assis Ramos informou que nessa quadrilha cada um dos componentes tem uma função. Lucilene era encarregada de receber a droga e assinava o recibo emitido pelos Correios.

Delegado Regional de Imperatriz

O delegado informou também que além dos três traficantes presos, a quadrilha ainda tem outros componentes, que estão sendo procurados. Inclusive, os traficantes que enviam a droga para o Maranhão já foram identificados na cidade de Cáceres e estão sendo investigados por policiais daquela cidade.

Os mandados de busca e apreensão foram decretados pela juíza Suely Feitosa, titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Imperatriz. Os acusados foram autuados em flagrante delito por tráfico de droga e associação para o tráfico.