quarta-feira, 31 de outubro de 2012

PAIS DENUNCIAM CRIME DE PEDOFILIA - TERESINA/PI



GAROTAS ERAM AMEAÇADAS E OBRIGADAS A ENVIAR FOTOS INTIMAS.

O chefe de investigação da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, Joattan Gonçalves, que tem como titular a Delegada ANDREA MAGALHAES, informou que a polícia chegou até a lan house através da denúncia dos pais de uma das vítimas do pedófilo. Ele explica que o criminoso ganhava a confiança das vítimas, se apossava de informações que essas crianças e pré-adolescentes postavam na internet e passavam a ameaçá-las, exigindo que elas tirassem fotos nuas ou em poses sensuais.  Hoje, a polícia realizou operação no Renascença e apreendeu computadores.

Pedófilo usava lan house para aliciar crianças

“Eles colhiam várias informações e dados para posteriormente fazer ameaças, exigindo fotos e ameaçando postar informações que elas não revelariam na internet”, descreve.

O policial informa que além dos computadores apreendidos, há listas, filmagens e uma relação de controle feita pelo proprietário do estabelecimento que irão ajudar a encontrar o pedófilo. “Todos os equipamentos foram encaminhados à perícia para identificar quem veio a autoria”, pontua. Segundo Joattan, a lei é falha em relação a crimes com internet por isso é importante que os pais continuem conversando com seus filhos e monitorando o acesso deles à internet. “Às vezes o filho diz que vai fazer um trabalho, mas vai se relacionar com alguém na internet na lan house ou por notebook, celular.


Fonte: cidadeverde.com

domingo, 28 de outubro de 2012

Ocorrências. 26 a 29/10/12


PRISÃO EM FLAGRANTE - S. R. P. F. foi autuado em flagrante delito pela prática de tentativa de furto de um RECEPTOR DE TV DIGITAL VIA SATELITE – CLARO, da Loja Comercial Cidnet, que fica localizada na Rua Cloris Miranda. no correspondente valor de R$2.000,00 (DOIS MIL REAIS). Consoante declarações prestadas pelo funcionário da loja o acusado tentou subtrair o objeto do interior do seu veiculo, um Fiat Uno que encontrava-se estacionado na porta da loja. O delegado Plantonista, JADER ALVES, lavrou o Auto de Prisão e arbitrou fiança no valor de R$622,00. O acusado responderá o processo em liberdade. 

PRISÃO EM FLAGRANTE - M. H. B, 24 anos foi autuado em flagrante delito pela prática de crime de lesão corporal em defavor da sua ex companheira M. J. S, 20 anos. Naturais e residentes na cidade de Lago Verde-Ma, os mesmos foram conduzidos a este DP pela guarnição composta pelos Pm's SGT SOEIRO e SD BARROS. Arbitrada Fiança o acusado foi liberado e responderá o Processo em liberdade

 TCO - CRIME DE AMEAÇA. Embora o autor tenha negado autoria delitiva, a vitima confirma ter recebido ameaça de morte depois de ter seu celular furtado.  

 TCO - CRIME DESOBEDIÊNCIA. Fato ocorrido no Hospital Laura Vasconcelos. O acusado J.P, desacatou as funcionarias J.B.A e J.M.M. Consoante versão do autor em virtude de péssimo atendimento do Hospital. Segundo as vitimas em decorrência do estado visivel de embriaguês do autor.   
TCO -  RESISTÊNCIA e PERTURBAÇÃO DA TRANQUILIDADE. Fato ocorrido nas proximidades do Bar do Óleo. MULHER foi conduzida por se negar a baixar o som que escutava em altura incômoda aos vizinhos. Em visível estado de embriaguês proferiu palavras de baixo calão em resposta ao pedido dos policiais para que baixasse o som. Recebeu voz de prisão e foi conduzida para as dependências deste DP para adequado porcedimento.       

TCO USO DE SUBSTANCIA ENTORPECENTE TIPO MACONHA. Dois rapazes foram conduzidos em virtude terem sido flagrados na Travessa Raimundo Raposo Fortes, momento em que foram abordados para revista pessoaltrazendo consigo uma certa quantidade de substância esverdeada tipo maconha. Depois de constatada a condição de usuário dos mesmos,  foi realizado procedimento e em seguida liberados.     

EXIBIÇÃO: O pescador,  J. F. S. F, se dirigiu a delegacia para fazer termo de entrega de documentos (cheques e notas promissórias) por ele  encontrados, supostamente originários de prática delituosa. Os mesmos encontram-se com a Autoridade Policial para as devidas averiguações.


TCO: Incidência Penal: Art. 331, do CPB. Consoante BOPM. A. M. L. e E. F. S. foram abordados nas proximidades do Terminal Rodoviário, mas em visível estado de embriaguês além de de se negar as determinações policiais proferiram vários xingamentos à guarnição. O sacusados foram conduzidos para a delegacia para o devido procediemnto legal e o veiculo de propriedade de E.F.S. conduzido para o CIRETRAN.


TERMO DE DECLARAÇÃO: R. C, brasileira, solteira, natural de São Mateus-Ma, se dirigiu a delegacia para comunicar agressão física sofrida pelo ex companheiro. Por não se configurar o fato situação de flagrante, foi expedida guia de exame de corpo de delito e prestado termo de declarações para compor o Inquerito Policial que deverá ser instaurado via Portaria.

MEDIDA PROTETIVA DE URGÊNCIA: Realizada a pedido da pessoa de L. A. C, 35 anos, em desfavor do seu ex companheiro L. C. A. S. 

171 - CONDUÇÃO: Foi conduzida para esta delegacia MULHER (N. G., 36 anos, natural do Amazonas, residente em Fortaleza/Ce) acusada de tentar praticar golpes na cidade. A mesma reside em Fortaleza, mas é natural do Amazonas. Na presença do seu advogado, Dr. Bento Vieira, e da Autoridade Policial,  a MULHER  confessou a intenção da prática criminosa esclarecendo ainda que dos R$3.600,00 reais que trazia consigo apenas R$380,00 utilizaria para prática do golpe que denominou de "GOLPE DO BALUDO", e que o restante do dinheiro usaria para se manter, pois no seu trabalho (aplicação de golpes) chegam a atravessar divisas dos Estados sem conseguir aplicar golpes por dois três dias. Esclareceu ainda a acusada que é "nova no ramo" pois tem como prática este tipo de crime há apenas dois anos (SÓ DOIS ANOS!!!!!). A conduzida FOI PEGA POR POPULARES ATÉ A CHEGADA DA PM (CB ELIAS e CB ANISIO ) e disse andar na companhia de pessoa a quem identificou como CRISTIANO, parceiro de golpe.  Foi interrogada, pregressada e em seguida, liberada.

PESSOAL, TODO CUIDADO É POUCO! AFINAL, NINGUÉM ANDA DEIXANDO CAIR BOLO DE DINHEIRO POR AI, MUITO MENOS OFERECENDO AGRADO A NINGUÉM DE GRAÇA! 
NÃO DÊ SORTE PARA O AZAR! AO SE DIRIGIR A UMA AGÊNCIA BANCÁRIA NÃO SE ESQUEÇA QUE PODE TER UM GOLPISTA DE OLHO EM VOCÊ! 



POR ISSO,  A T E N Ç Ã O !!!!!!!!!!!!!!!



     

sábado, 27 de outubro de 2012

Professora é demitida após divulgar fotos de escola alagada em Imperatriz

Após chuva, sala de aula do Colégio Municipalizado Guilherme Dourado ficou alagada e alunos tiveram que se proteger com guarda-chuvas (Foto: Uiliene Araújo/Arquivo Pessoal)
"Acredito na liberdade de expressão e em formar alunos com uma visão crítica, que não se conformem com as coisas do jeito que elas estão".
 pALaVraS de Uiliene Araújo Santa Rosa, de 24 anos,  que foi afastada e teve seu contrato com a Prefeitura Municipal de Imperatriz encerrado nesta sexta-feira (26), após a publicação das fotos que mostravam uma sala de aula do Colégio Municipalizado Guilherme Dourado. Nas imagens é possível ver os alunos se protegendo com guarda-chuvas, além do chão da sala de aula alagado e buracos no telhado da instituição. De acordo com a professora, a intenção ao publicar as imagens era chamar a atenção para os problemas da rede municipal. “Não identifiquei o nome do colégio ou de qualquer funcionário da instituição, mas publiquei as fotos em meu perfil pessoal, pois acredito que não se deve ficar de braços cruzados diante de uma situação assim”
 
Na mesma semana em que as imagens foram divulgadas, a professora conta que a Secretaria de Educação providenciou reparos imediatos no telhado da escola. No dia 25 deste mês, no entanto, Uiliene foi afastada de seu cargo na unidade Guilherme Dourado e na sexta-feira (26), a professora recebeu um comunicado que anunciava o encerramento de seu contrato com a Prefeitura Municipal de Imperatriz por atos de conduta incabível.

“Fui punida pela publicação das fotos e isso não é justo. É o tipo de coisa que acontecia na época da ditadura, mas estamos em uma democracia, não é? Ela [a diretora] não está agindo como uma gestora. Está tratando a escola como propriedade privada, mas a escola é de propriedade pública, é do município. Acredito na liberdade de expressão e em formar alunos com uma visão crítica, que não se conformem com as coisas do jeito que elas estão. Cresci vendo meu pai e meus professores reivindicando os direitos de educação e aprendi a dar valor a ela, então não poderia ficar de braços cruzados frente a essa situação”, relatou a professora.

O secretário alegou que problemas internos não deveriam ser tratados em redes sociais e que a funcionária, efetivada há quatro meses, procedeu de forma errada. Ele afirma que não há perseguição contra a professora e que a medida administrativa também seria tomada em relação a outro funcionário que cometesse o erro.


COMENTANDO COM PRAZER! 

PRIMEIRO: PROFESSORA, PARABÉNS, ESSA ATITUDE FAZ PARTE DO SEU PAPEL.

SEGUNDO: QUE PROBLEMAS INTERNOS SÃO ESSES? A QUESTÃO É DE TODOS NÓS. É A COISA PÚBLICA MAL ADMINISTRADA SEM NENHUMA NOVIDADE. SÃO AS PESSIMAS CONDIÇÕES DE TRABALHO ATRAPALHANDO A QUALIDADE DO ENSINO PÚBLICO ( P Ú B L I C O !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!) E DESDE QUANDO TEM LOCAL CERTO PARA SE TRATAR ESSE TIPO DE SITUAÇÃO QUANDO SABEMOS QUE A EXPOSIÇÃO PÚBLICA DO VISTO E CONSENTIDO SÓ ACONTECE DEPOIS QUE A GENTE CANSA DE ESPERAR PROVIDÊNCIAS.... BRINCADEIRA !!!!!!!!!!!!!!!!!!! PARA NÃO DIZER, MOLECAGEM     !!!!!!!!!!!

TERCEIRO: A PROFESSORA ERROU, POR QUÊ? POR QUE MOSTROU A VERDADE. AH! ESQUECI QUE MOSTRAR A VERDADE NO NOSSO PAÍS, EM REGRA, MUITOS AINDA DESEJAM QUE CONTINUE SENDO MOTIVO DE CASTIGO, PUNIÇÃO... COISA DE GENTE PROBLEMÁTICA!

QUARTO:  EPISÓDIO ISOLADO ????????!!!!!!!   FAZ-ME RI !    ISOLADO COLETIVO AOS MONTES POR ESSE BRASIL DE MEU DEUS!

QUINTO: CONCORDO, NÃO É PERSEGUIÇÃO À PROFESSORA UILIENE, NÃO, DE FATO A FALA DO SECRETÁRIO ESTÁ CERTISSIMA, " a medida administrativa também seria tomada em relação a outro funcionário que cometesse o erro", POIS TENHO CERTEZA QUE A MEDIDA TOMADA SERIA A MESMA PARA QUALQUER UM QUE TIVESSE AGIDO DA MESMA FORMA, QUE NÃO É DE IRRESPONSABILIDADE NÃO, SENHORES E SENHORAS, É DE PURA VERDADE, OU NÃO !?

PROFESORA POR 10 ANOS. HÁ QUATRO POLICIAL. SERÁ QUE TAMBÉM SEREI PUNIDA POR APROVEITAR ESSE MOMENTO PARA DIZER QUE TAMBÉM ESTOU SEM CONDIÇÕES DE TRABALHO PORQUE A DELEGACIA EM QUE DESENVOLVO MINHAS ATIVIDADES ESTÁ SEM AR CONDICIONADO, SITUAÇÃO QUE TEM INVIABILIZADO AS SUAS ATIVIDADES E ALTERADO COMPLETAMENTE SUA ROTINA DE TRABALHO. NADA MAIS A DIZER, ENCERRO! 

Fonte: http://g1.globo.com/ma/maranhao







"Pessimismo não é bom, 
mas igualmente perigoso é um otimismo irreal"
 


“Não se nasce mulher: torna-se”- Simone de Beauvoir


(...)


 "Perdemos a Regina Dourado. Sábado triste"

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

CRÔNICA NADA DIVERTIDA


COM RG MAS SEM REGISTRO



 

Já era quase noite, e apavorada corri para delegacia. Em detalhes descrevi os dois homens que adentraram a minha casa e me agrediram. O motivo desconfiei, e certa de que não demandaria qualquer dificuldade para a policia descobrir a autoria do crime confiei minha suspeita e relatei a provável motivação das agressões sofridas. A certeza eu ainda não tinha, mas já desconfiava que nenhuma providência legal seria tomada.  Apostei por apostar, umas dessas teimosias que a gente insiste em ter. Com a orelha cortada, o sangue ainda escorrendo, o corpo marcado pela violência não foi difícil verificar em mim a vítima. De imediato exame de corpo de delito. Em seguida, termos de declarações, declarações... testemunhas e tempo, muito tempo!!! Tempo suficiente para eu lembrar que nasci pobre, tenho pouca leitura, vivo no mercado informal, não tenho acesso a advogado e nem o Estado para me amparar. O tempo passou, conclui pela minha audácia, confirmei minhas suspeitas e rendi-me a insignificância que me é atribuída. Calei, desisti e diante do medo imposto duvidei das minhas certezas. Não tardou e passei a negar o fato, afinal, aprendi cedo que “manda quem pode, obedece quem tem juízo”. Com o dinheiro que me comprou comprei um palácio que só tive o prazer de admirar por fora, quando ia conhecer seu interior ACORDEI.  Acordada,  enquanto refletia o sonho, me dei conta de que continuava no meu casebre, mas para uma coisa serviu o sonho: ENTENDI O RECADO.  APRENDI A LIÇÃO.
Márcia Gardênia.  EPC Bacabal