domingo, 15 de janeiro de 2012

RETRATO FALADO

 Este é o retrato falado do suspeito de ser o executor dos empresários, irmãos e sócios da empresa de óleo Replub, José Mauro Alves de Queiroz, de 57 anos, e José Queiroz Filho, 68, conhecido como “Queiroz”, assassinados a tiros na tarde do dia 11.01.2012, no Km 10 da BR-135. A reprodução foi feita com base nos relatos de três testemunhas que presenciaram o duplo homicídio. 
Dinâmica do crime – De acordo com explicações dadas pelo delegado Roberto Wagner, o autor dos disparos chegou à empresa, da qual os irmãos eram sócios, alegando que gostaria de adquirir óleo, produto comercializado pela recicladora. Depois, começou a perguntar por Queiroz. Ao ser recebido pelo outro sócio da Replub, Sérgio Lima, o acusado o rendeu, juntamente com o vigia Carlos Henrique. Já no interior da empresa, o suspeito teria rendido também Márcio Ney (sobrinho dos empresários mortos) e invadido o escritório das vítimas, perguntando quem era Queiroz. Sem obter a resposta de José Mauro, que ainda teria esboçado uma reação, o acusado efetuou um disparo contra sua cabeça. Logo depois partiu para Queiroz, deflagrando mais dois tiros, também na região da cabeça. O executor fugiu do local, usando uma moto Honda Bros, de cor preta, cuja placa o vigia não conseguiu anotar. O Disque Denúncia já disponibilizou cartazes com o retrato falado do acusado. Informações podem ser repassadas para os telefones 3223 5800 (capital) e 0300 313 5800 (interior).

Fonte:  http://www.jornalpequeno.com.br