domingo, 22 de janeiro de 2012

MULHERES DE BACABAL : AGREDIDAS, VIOLENTADAS E DESABRIGADAS.

* Policiais do 4º Distrito investigam um possível incêndio criminoso provocado no bairro Parque Piauí, zona Sul de Teresina. Um mulher, identificada como Adriana Vasconcelos da Silva, denunciou que o ex-marido teria tentado matá-la ateando fogo em sua residência. O incêndio aconteceu por volta das 2h40 da madrugada deste sábado (21). O acusado, Lívio Webert Pereira de Sousa, teria ateado fogo nas mesas de plástico e no teto da casa da ex-mulher. 
** Um homem, identificado apenas como Marquinhos, está sendo acusado de ter matado a esposa com golpes de faca na noite desta sexta-feira no bairro Poty Velho, zona Norte de Teresina. A vítima foi identificada como Carliene. Segundo depoimentos de vizinhos do casal, eles estavam juntos à 3 meses e teriam discutido por ciúmes. Um filho da vítima ter presenciado o crime.
*** Um dentista de 60 anos de idade está sendo acusado de ter incendiado o carro de sua ex-namorada porque não admite que ela dirija acompanhada de outros homens. O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (18) em Vila Velha (região metropolitana de Vitória). O homem foi preso no centro de Vila Velha após o incêndio ter sido contido pelo porteiro do prédio da ex-namorada do dentista, com a ajuda de um rapaz que passava pelo local. 
 Sabemos que estes são só alguns exemplos de violência que estamparam os noticiarios dessa semana. Em Bacabal não acontece diferente. A motivação é sempre a a mesma: Ciúmes e inconformismo com o fim do relacionamento. E sob esta motivação as mulheres tem sido vitimas de agressões cada vez piores. Vidas interrompidas, ceifadas covardemente, destinos alterados. Os autores são os namorados, maridos, ficantes, a verdade é que as ocorrências policiais tem dado conta de uma realidade cada vez mais gritante de violências praticadas contra as mulheres. Culpá-las, acredito, não resolve o problema, pelo contrário, o mascara o suficiente para fazê-lo crescer diante dos nossos olhos.  
Em qualquer lugar do Brasil, o número de ocorrências não é pequeno. As vitimas quase sempre esperam que alguma providência seja tomada no sentido de protegê-las das ameaças que quase sempre dão inicio a essa pratica de violência.
Em Bacabal, só neste inicio de ano várias mulheres já foram atendidas. Três medidas protetivas já foram feitas, mas nenhum passo foi dado no sentido de viabilizarmos a casa abrigo, espaço imprescindivel para tantas mulheres vitimas que não tendo para onde ir, permancem em casa sob constantes agressões.A denúncia é apenas o primeiro passo. A medida protetiva a medida legal para coibir essa violência. Mas precisamos de muitos mais. 
Não é dificil verificar casos de mulheres dadas por desaparecidas quando na verdade são mortas e enterradas pelo próprio criminoso. Há poucos dias uma prisão foi efetuada pelo Delegado Regional, JADER ALVES, e sua equipe, acompanhados de policiais originários da cidade de Brasilia. O criminoso matou a companheira, enterrou seu corpo no quintal de uma casa e se homiziou do local do crime. Depois de preso, aqui nas proximidades da cidade de Bacabal, narrou sem remorso as cenas do crime afirmando o de sempre: não se conformou com o fim do relacionamento.  
 
Politicas Politicas de combate a violência são necessárias e não se resume ao atendimento na delegacia, ou à concessão de uma medida protetiva muitas vezes desrespeitadas pelo agressor. Nossa atitude e  compromissso frente a esse problema também faz parte dessa mudança. Para acabar com essa violência, essa covardia e essa impunidade não devemos nos omitir. COBRAR, DENUNCIAR, FAZER ACONTECER precisa fazer parte da nossa ação! 
E a gente pode começar agora, perguntando: CADÊ A CASA ABRIGO PARA MULHERES VITIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA ? NÃO EXISTE AINDA EM BACABAL, POR QUÊ ?

DISCURSO CHAGISTICO

DISQUE DENÚNCIA


Disque Denúncia Maranhão lança nesta tarde (19) o cartaz de recompensa, no valor de R$ 3 mil, por informações que levem ao paradeiro de Thiago Wenderson Sousa Coelho, de 20 anos e Kleyton Henrique Sousa Coelho, 29 anos, que são apontados pela morte do empresário Jaime Pereira Filho, 41 anos. O corpo do empresário foi encontrado no dia 20 de novembro de 2011, na praia de Panaquatira, município de São José de Ribamar. Segundo a polícia, ele foi espancado e morto a tiros. Outro suspeito de participar do homicídio foi preso em Dezembro de 2011, trata-se de Paulo André Lima da Costa, que foi surpreendido por policiais da Delegacia de São José de Ribamar.Segundo informações, o crime teria sido motivado por uma dívida de R$ 40 mil, que os acusados teriam com o empresário. 
Informações sobre este caso devem ser repassadas ao Disque Denúncia.

3223 5800 – capital e 0300 313 5800 – interior

Fonte: www.ssp.ma.gov.br 

BRIGA DE VIZINHOS

Embute-se na palavra “vizinho” um sem-número de boas e más intenções, choques culturais, desconfianças, hábitos arraigados na intimidade do lar. Nunca se tem muita certeza se o que você está fazendo pode incomodar a outra pessoa que vive nas proximidades. Claro que o básico todo mundo sabe (ou deveria saber): demonstrar cortesia com o próximo, respeitar as normas estabelecidas em comum, não invadir o espaço alheio, jamais perturbar o sossego da maioria.
Esta semana uma audiência em especial me chamou atenção. As partes: um homem e uma mulher (ambos bem jovens). Vizinhos em pé de guerra pelos motivos que até o momento não os vi como justificaticas para tantas desavenças e tanto desrespeito. Ambos se dizem vitimas. A mulher alega que diariamente ela e seus três  filhos são xingados pelo vizinho. O homem insinua loucura da mulher e esclarece que a origem de tanta desavença é a falta de educação da mulher e dos filhos dela, pois reiteradamente sobem no seu muro, jogam barro na parede da sua casa, quebram as telhas... Se deixassemos teriamos relato para um dia inteiro. A solução?  Sinceramente, penso que para casos como esse e tantos outros que chegam a delegacia o motivo da briga é algo que poderia ser resolvido em uma conversa simples e calma, que por diversos motivos não acontece. Visando pois melhorar o relacionamento entre os vizinhos pensamos numa orientação breve que pode prevenir aborrecimento e evitar tantos TCO's para situações que a dois pode muito bem ser resolvida, afinal os principais motivos desas brigas são:

1-  Os animais. Ele pertence a você. Faz parte da sua vida. Seu vizinho não é obrigado a viver com você essa relação de cuidado ou de maus tratos que você tem com seu animal. Verifique se o seu animal não está incomodando seu vizinho. Se tem dúvida, pergunte ao seu vizinho.

2- As reformas. Não esqueça a reforma é na sua casa, não na casa do seu vizinho. Certifique-se de que não está perturbando. Incomode o minimo possível. Explique ao seu vizinho a necessidade de incomodar se isso for realmente necessário.

3-  Barulhos Festas, conversas exaltadas, som alto. Ih! isso irrita demais. Alguns moradores tremem só de pensar no silêncio que gostariam de ter, mas que não acontece. Evite barulhos fora de hora. Admita, barulho incomoda, e muito!

4- As crianças Oriente as crianças. Filhos também são um dos principais motivos das brigas entre vizinhos. Dentro de casa, podem fazer de tudo, que muitos pais não ligam, só que quem sai prejudicado são os vizinhos. Pense nisso!

5-  Uso incorreto dos espaços comuns. A rua da sua casa via é publica. Qualquer um pode passar, mas, isto não lhe dá o direito de arranjar um jeitinho de incomodar na porta do seu vizinho. Cuidado com espaços comuns, pertence a você e ao outro também. Bom senso sempre ajuda a evitar problemas.

6- Garagens. Não interessa se não há veiculos, no momento. Como você sabe esse espaço é de entrada e saida de veiculos.  ENTEDIDO ? Nada de usar só um pouquinho. É briga na certa. EVITE!

7- Voce tem direitos, é verdade, mas também tem deveress. Pense um pouco antes de cobrar seus direitos e verifique se não está  desrespeitando o direto do outro

8- Intolerância Seu vizinho é chato. Sua vizinha barulhenta. Os filhos do seu vizinho mal educados e os amigos deles muito piores. Calma! Um pouco de paciência às vezes pode ajudar. Som alto dia de jogo com direito a bebedeira. Isso não acontece todo dia, e se ele não está fazendo de propósito então, melhor dá uma volta, visitar aquele parente e voltar mais tarde pra casa.  Melhor que brigar!

9- Ah! respeite seu vizinho ou sua vizinha. Nada de ficar olhando para suas companheiras, namoradas. ficantes...Se o homem ou a mulher já tem compromisso, respeite a relação, preserve a boa relação de vizinhança e proteja-se de um tiro, uma facada ou alguns hematomas. Crimes com essa motivação são bem frequentes. Acredite! 

10- Falta de diálogo.  Procure dialogar. Uma boa conversa, direta, honesta pode ser a melhor opção para quem deseja viver em paz com aqueles com quem convive, mesmo que este seja só seu vizinho. Não esqueça que você não precisa gostar do seu vizinho, entretanto, deve respeitá-lo. 

sábado, 21 de janeiro de 2012

TAXA DE ABORTO INSEGURO SOBE NO MUNDO

(BBC Brasil) Um estudo publicado na revista médica The Lancet contraria o argumento de que leis severas contra o aborto reduzem a disseminação da prática. Analisando dados de 1995 a 2008, o levantamento do instituto americano Guttmacher mostra que as mais altas taxas de abortos estão justamente em regiões com legislação restritiva. Na América Latina, que tem relativamente o mais alto número de abortos em todo o mundo, a maioria dos países proíbe a prática, apontou o estudo, Aborto Induzido: Incidência e Tendências Globais. Em 2008, uma média de 32 entre mil mulheres (entre 15 e 44 anos) fizeram aborto na região. No mesmo ano, a taxa da África foi de 29 mulheres.  Em contrapartida, na Europa Ocidental – onde a legislação é mais permissiva -, esse número caiu para 12.
Perigo
Apesar de mostrar que a quantidade de abortos, após um período de queda, se estabilizou, o estudo destaca que a prática realizada de maneira insegura vem crescendo. Em 2008, uma média de 28 mulheres em cada mil fizeram aborto – uma queda em relação a 1995, quando essa taxa era de 35 mulheres. Mas o número de gestações interrompidas com práticas que apresentam riscos às mulheres cresceu entre os dois períodos analisados, de 44% em 1995 para 49% em 2008. "Abortos feitos de acordo com as recomendações médicas têm um baixo risco de complicações. No entanto, os que são realizados sem essa preocupação provocam altas taxas de mortalidade materna em todo o mundo", destaca a pesquisa. O estudo chama atenção especialmente para regiões onde os abortos são realizados apresentando mais perigos para a mulher. Na África, essa taxa chega a 97% do total de abortos. O continente é seguido pela América Latina (95%), Ásia (40%), Oceania (15%), Europa (9%) e América do Norte (menos que 0,5%).
América Latina
Entre as recomendações relativas à América Latina feitas pelo Instituto Guttmacher, que é parceiro Organização Mundial da Saúde, estão um maior investimento em programas de conscientização sobre métodos contraceptivos. "Também é necessário aprimorar e expandir o tratamento no pós-aborto para reduzir os altos índices de mortalidade que resultam de abortos feitos de maneira insegura", diz o documento.
O estudo também sugere um maior acesso a sistemas de planejamento familiar nas regiões mais remotas. "A base da legislação que permite abortos deve ser ampliada, para reduzir a necessidade das mulheres de recorrer a abortos clandestinos", diz o relatório.

Fonte:  http://www.agenciapatriciagalvao.org.br/

Para a TV Globo, sexo sim, escândalo sim, discussão sobre limites éticos e legais no BBB não!

A decisão da TV Globo de expulsar do reality show o participante Daniel sob suspeita de ter abusado sexualmente da colega Monique, após a polêmica sobre estupro haver explodido nas redes sociais, é muito clara: a emissora reagiu em função da repercussão negativa e não em razão do estupro transmitido ao vivo via satélite. Não interessa à TV e nem à lógica do Big Brother Brasil um debate sobre ética no programa ou na TV. 
Boninho, diretor do BBB, em um primeiro momento argumentou que “Daniel era vítima de racismo”, provavelmente em uma tentativa de duplicação do debate: estupro ou racismo? Após a intervenção da Polícia, que ameaçou tirar o programa do ar, Boninho mudou de estrategia e afirmou que Daniel "passou dos limites".
O apresentador Pedro Bial foi lacônico ao anunciar a expulsão do participante. Aliás, no episódio do BBB que alcançou o maior índice de audiência até hoje, Bial - por explícita conveniência - não detalhou para os telespectadores - e ao que tudo indica nem mesmo aos outros participantes - qual foi o motivo da eliminação de Daniel. Ao anunciar sua saída, alegou somente que Daniel havia "infringido as regras do programa".
Passaram do limite a Rede Globo, Boninho e o participante Daniel. Infringiram a regra da ética. O diretor e a produção do BBB foram omissos, assistiram de camarote, na madrugada de sábado para domingo, ao desenrolar do que tudo indica ter sido um estupro transmitido ao vivo pela TV brasileira. Poderiam ter agido e impedido o suposto crime. Mas aquilo tudo – o estupro e a transmissão ao vivo aos espectadores pagantes - fazia parte da festa, do show. Tudo leva a crer que apostaram no escândalo, na polêmica, na dúvida sobre o caráter de Daniel, mas também de Monique. Apostaram que surgiriam os argumentos preconceituosos comuns nesse tipo de caso: "ela deu mole, facilitou, provocou". Afinal, os participantes sabem os riscos que correm pelo fato de o programa ser transmitido ao vivo.
A TV Globo parece ter entendido rapidamente os riscos que corre. A denúncia sobre o possível estupro explodiu primeiro nas redes sociais, pautando sites de notícias e blogs, que passaram a indicar links para o YouTube: estupro no BBB12. Em pouco tempo, o caso tornou-se o tema mais comentado na internet.
E o que era para ser uma festa no BBB e mais um escândalo de audiência saiu do controle. A edição do BBB de 2012 tem cinco patrocinadores - AmBev (Guaraná Antarctica), Fiat, Niely, Schincariol (Devassa) e Unilever (Omo) – que, segundo informações da imprensa, desembolsaram R$ 20,6 milhões cada um para terem suas marcas no programa, totalizando R$ 103 milhões. Sabe-se que a discussão sobre limites éticos e legais na produção de conteúdo e patrocínio de programas é uma questão que causa verdadeiro pânico na TV.
Pois esse episódio aponta para duas tendências do público: a primeira evidencia que o telespectador passou, com as tecnologias de comunicação, a ver TV e emitir sua opinião a partir de seu próprio juízo; a segunda tendência revela que a sociedade já identifica com mais clareza situações de violência contra a mulher e que a violação do corpo e da intimidade de uma mulher já é debatida como questão de direito e justiça.
São sinais claros de avanços na agenda de debates e da participação da cidadania. Falta agora que os veículos de mídia também aceitem participar desse debate sobre os limites éticos e legais de seus conteúdos e estratégias para conquistar audiências. Também faltam posições inequívocas das instituições democráticas do país sobre as consequências previstas para esse tipo de atitude de emissoras de TV, para que possam ser responsabilizadas editorialmente sobre os conteúdos transmitidos.
jaciramelo5
Jacira Vieira de Melo - Graduada em Filosofia pela Universidade de São Paulo, mestre em Ciências da Comunicação na Escola de Comunicações e Artes da USP e especialista em Comunicação Social e Política na perspectiva de gênero e raça. É diretora executiva do Instituto Patrícia Galvão – Mídia e Direitos.
(11) 3262.2452 / 7618.9731 - jaciramelo@uol.com.br

Fonte: http://www.agenciapatriciagalvao.org.br/

domingo, 15 de janeiro de 2012

PROCURADOS PELA POLICIA

" TITA VASCO "
 
NATURAL DE: BACABAL-MA
RESPONDE POR: CRIME DE ESTUPRO
FUGITIVO DA CIDADE DE BACABAL-MA

 

 RICARDO ARÊA LEÃO SILVA(BOLOTA)

NATURAL DE:FLORIANO-PIAUÍ
RESPONDE POR: ROUBO QUALIFICADO E TRÁFICO DE DROGAS
CONDENADO: 6 ANOS
FUGITIVO DE: PENETENCIÁRIA PEDRINHAS (SÃO LUÍS-MA)

INFORMAÇÕES LIGAR PARA O DISQUE DENÚNCIA - SUA IDENTIDADE EM SIGILO ABSOLUTO

CASO FERNANDA LAGES CONTINUA SEM SOLUÇÃO



QUEM MATOU FERNANDA LAGES ?

A Polícia Federal está na reta final das investigações do assassinato da estudante de Direito Fernanda Lages, ocorrido no dia 25 de agosto de 2011, no prédio em construção do Ministério Público Federal, na Avenida João XXIII, na zona leste de Teresina. Será que, afinal, saberemos quem foram os covardes que mataram FERNANDA LAGES ?

RETRATO FALADO

 Este é o retrato falado do suspeito de ser o executor dos empresários, irmãos e sócios da empresa de óleo Replub, José Mauro Alves de Queiroz, de 57 anos, e José Queiroz Filho, 68, conhecido como “Queiroz”, assassinados a tiros na tarde do dia 11.01.2012, no Km 10 da BR-135. A reprodução foi feita com base nos relatos de três testemunhas que presenciaram o duplo homicídio. 
Dinâmica do crime – De acordo com explicações dadas pelo delegado Roberto Wagner, o autor dos disparos chegou à empresa, da qual os irmãos eram sócios, alegando que gostaria de adquirir óleo, produto comercializado pela recicladora. Depois, começou a perguntar por Queiroz. Ao ser recebido pelo outro sócio da Replub, Sérgio Lima, o acusado o rendeu, juntamente com o vigia Carlos Henrique. Já no interior da empresa, o suspeito teria rendido também Márcio Ney (sobrinho dos empresários mortos) e invadido o escritório das vítimas, perguntando quem era Queiroz. Sem obter a resposta de José Mauro, que ainda teria esboçado uma reação, o acusado efetuou um disparo contra sua cabeça. Logo depois partiu para Queiroz, deflagrando mais dois tiros, também na região da cabeça. O executor fugiu do local, usando uma moto Honda Bros, de cor preta, cuja placa o vigia não conseguiu anotar. O Disque Denúncia já disponibilizou cartazes com o retrato falado do acusado. Informações podem ser repassadas para os telefones 3223 5800 (capital) e 0300 313 5800 (interior).

Fonte:  http://www.jornalpequeno.com.br

(...)

 
 
Quando concentro a minha consciência nas minhas próprias reacções e percepções, vejo a verdade de uma determinada situação. 

(Deepak Chopra)

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

(....)


Na noite do dia 31 de dezembro, a menina Maria Aparecida Bezerra Alves da Silva, de 4 anos sumiu de casa na companhia do padrasto. A mesma foi encontrada no dia  06.01.12, no município de Fortuna/Ma.  A criança foi abusada sexualmente e depois morta.        


Fatos como esse são comuns. Por isso se alguma situação tem chamado sua atenção e tem despertado desconfiança de algo de errado está acontecendo com alguma criança ou adolescente. NÃO ESPERE PARA DENUNCIAR. 


     DISQUE 100                                                                                  

PENITENCIÁRIA DE PEDRINHAS-MA

 PENITENCIARIA INTERDITADA ATÉ MAIO DE 2012
O juiz titular da 1ª Vara de Execuções Penais da Capital, Jamil Aguiar, emitiu, nesta quarta-feira (11), uma Portaria prorrogando o prazo de interdição total da Penitenciária de Pedrinhas. A prorrogação foi sugerida pelo Ministério Público e, até lá, a unidade não poderá receber novos presos sem autorização do juiz.

A interdição de Pedrinhas deu-se em função das péssimas condições estruturais da penitenciária, bem como outros fatores. Para o juiz, a situação na unidade é degradante, haja vista as condições intoleráveis a que são submetidos os presos.

 Fonte: http://www.jornalpequeno.com.br

Diálogos - Liberdade de expressão e diversidade de Raça e Etnia



Guilherme Canela - Formado em relações internacionais pela UnB, mestre em ciência política pela USP e especialista em temas relacionados à liberdade de imprensa e de expressão e ao acesso à informação. É coordenador da área de comunicação e informação da UNESCO no Brasil

 Fonte: http://www.agenciapatriciagalvao.org.br/

Série Diálogos - Liberdade de expressão e diversidade de gênero



Maria Luiza Heilborn - Doutora em Antropologia Social pelo museu Nacional/UFRJ e coordenadora do Centro Latino-Americano em Sexualidade e Direitos Humanos - CLAM

 Fonte: http://www.agenciapatriciagalvao.org.br/